Sapatos Masculinos: Open Lacing e Closed Lacing, o Que Isso Significa?

13/02/2017 Sem comentários por

Sapatos oxford: closed lacing

Talvez você já tenham ouvido falar de open lacing e closed lacing quando o assunto são sapatos masculinos, o termo se refere a amarração do calçado e para muitos é um detalhe muito pequeno para ser notado, para outros, entretanto, faz toda a diferença!

O closed lacing é o que separa o clássico oxford de todos os outros sapatos e a melhor maneira de diferenciá-lo de um derby. Mesmo os vendedores de lojas de calçados para homens se atrapalham e trocam as bolas, mas a capacidade de discerní-los não é coisa de especialista, basta prestar atenção neste detalhe crucial.

Open lacing e closed lacing, qual é a diferença?

O closed lacing (a esquerda), o sistema de amarração encontrado no sapato oxford, é feito direto em furos existentes no cabedal (corpo) do calçado, sem nenhuma peça adicional costurada para ajudar. Se observarmos um oxford wholecut (abaixo), feito a partir de uma única peça de couro, notaremos que seu ajuste no peito do pé é possível graças a um único corte feito no couro que permite a adaptação e o laço do cadarço.

Oxford Wholecut: closed lacing

Oxford wholecut

No open lacing, presente principalmente no sapato tipo derby (ou blutcher, abaixo), duas abas de couro são costuradas ao cabedal permitindo que ele seja laceado ou apertado de acordo com o tamanho do seu pé. Note que a língua faz parte da peça de couro que cobre o bico e o peito do pé.

Sapato derby: open lacing

Sapato tipo derby

O closed lacing dá um ar mais classudo ao oxford, mas também exige que o sapato esteja em um tamanho bem adequado, se estiver muito grande não haverá muita margem para ajustes, já o derby tem uma margem maior para a adaptação ao seu tamanho.

Onde são usadas

Essas características transformam o oxford (preferencialmente o preto) no sapato ideal para eventos onde a elegância e o visual clássico estão acima de tudo, por isso o vemos dominando casamentos, formaturas, até as cerimônias de entrega de prêmios e bailes black tie, mas isso não o restringe, versões mais casuais podem ser usadas até com jeans se você quiser.

Enquanto isso o derby tem preferência no ambiente de trabalho (direita), afinal é um pouco mais confortável e visualmente não tão sisudo. Aqui também cabe destacar as versões mais casuais feitas com camurça ou nobuck que complementam maravilhosamente bem combinações informais.

No Brasil

No Brasil essa distinção, em parte por causa da ignorância, é deixada de lado por muitas pessoas que usam ambos em qualquer lugar, muitas vezes até substituindo os dois por loafers, que são modelos muito mais casuais, mesmo em suas versões mais sérias e discretas.

Outra mania do brasileiro é achar que quanto mais espalhafatoso o calçado, melhor, optando por versões que na maioria das vezes acabam com todo o charme dos sapatos que apresentam esse tipo de amarração, lançando mão de toda sorte recortes e vincos no couro que muito pouco fazem pelo estilo, mas encarecem o produto com toda certeza.

Leia também:

Destaques, Moda Masculina

Sobre o autor

Ricardo Terrazo Junior acredita que com bom senso e iniciativa qualquer homem pode se vestir bem. Quando não está escrevendo aqui divide seu tempo entre seu trabalho como designer gráfico e seu outro site, o Bazar Pop.
No Responses to “Sapatos Masculinos: Open Lacing e Closed Lacing, o Que Isso Significa?”

Deixe um comentário