Sobre a Coleção C&A e Herchcovitch; Alexandre (Masculino)

18/04/2016 3 Comentários por

C&A e Herchcovitch; Alexandre

Coleções como essa da C&A e Herchcovitch; Alexandre, lançada em parceria com um dos maiores nomes da moda nacional, tem um lado positivo, pois tornam o trabalho desse profissional próximo do grande público, que em muitos casos não teria poder aquisitivo para para bancar uma peça com a assinatura do estilista, mas também trazem um ponto negativo, apresentando peças sem muita criatividade devido a limitações de orçamento, além de qualidade contestável – enquanto a rede de fast fashion cobra um preço mais salgado do que costuma praticar, pois está vendendo um produto “premium” que leva a assinatura de um grande nome do mundo fashion.

C&A e Herchcovitch; Alexandre

Quanto ao estilista em questão, concordo que seja uma pessoa de talento, mas, assim como outros criadores atuais de moda, me incomoda com o uso constante de um elemento como muleta, neste caso a onipresente caveira . Assim fica fácil: pega uma camisa, enche de pequenas caveiras e está criada uma peça, repetindo a formula em outros itens imagináveis, mas vamos ser francos, ninguém precisa de Alexandre Herchcovitch para comprar uma camiseta com uma caveira em silk-screem, isso tem aos montes por aí. Por outro lado o esmero do estilista em algumas peças tenta equilibrar a simplicidade e banalidade de outras, como o trench coat de sarja que procura emular as peças de gabardine de grifes mais caras e tem um caimento decente; ou o terno que, mesmo feito em massa, tem a intenção de passar modernidade com seu corte slim bem cuidado (provei na loja) e tecido diferenciado, ainda que sintético e barato para caber no bolso do público da C&A. Mas para por aí, infelizmente, pois a coleção tinha potencial para ser memorável.

Obs: existe ainda um paletó a R$299,99 que faz conjunto com a calça de alfaiataria eu experimentei na loja e o caimento ficou bacana para mim.

Opinião do autor:

Se por uma lado a coleção C&A e Herchcovitch; Alexandre poderia ter peças mais marcantes e com criação mais esmerada, por outro lado parece óbvio que ele vem para atender uma demanda que nós mesmos criamos, a de roupas baratas, sem nada de muito especial, mas com a assinatura de uma celebridade, como se isso avalizasse nosso bom gosto. Portanto se você está procurando roupas simples, com a pagada normcore que está em voga, vai encontrar moletons, camisetas, camisas com risca e aquela polo básica em meio a peças mais sofisticadas como o já citado casaco de sarja e o terno slim fit, só não espere nada de tirar o fôlego, a coleção parece vir só para comprir agenda!

A coleção C&A e Herchcovitch; Alexandre está disponível em lojas selecionadas da da rede de fast-fashion desde 12/04.

Mais informações: www.cea.com.br

Leia também:

Moda Masculina

Sobre o autor

Ricardo Terrazo Junior acredita que com bom senso e iniciativa qualquer homem pode se vestir bem. Quando não está escrevendo aqui divide seu tempo entre seu trabalho como designer gráfico e seu outro site, o Bazar Pop.

3 Responses to “Sobre a Coleção C&A e Herchcovitch; Alexandre (Masculino)”

  1. VALDIR says:

    FUI NA C&A DO CENTER NORTE E VI A COLEÇAO, ACHEI MEIO SEM GRAÇA, PREFIRO A COLECAO QUE A RESEVA FEZ PRA C&A MAIS INTERESSANTE.

  2. junior kadeshi says:

    Ricardo, sobre o blazer/paletó, a forma condiz com o tamanho marcado na peça mesmo, ou é menor? Uso tamanho M, normalmente, e quero comprar um blazer tamanho M, mas estou com medo de ficar apertado! Como você experimentou, acho que pode tirar minha dúvida! Abs

Deixe um comentário