O Que Diferencia o Coturno da Maioria das Botas?

15/04/2015 4 Comentários por

coturno-botas-caracteristicas

Para muita gente basta uma bota ser preta e ter cano alto para ser coturno, mas não é bem por aí, o calçado militar de verdade divide algumas características com as outras botas, mas tem um conjunto que o torna único e, por isso mesmo, admirado por homens de todas as idades, estilos e gostos.

O coturno tem seu nome derivado do latim “cuthurnus” que designava uma sandália de sola grossa, amarrada até o joelho. Aqui no Brasil, na década de 40, esse termo passou a designar a bota militar (combat boot, em inglês), feita para proteger o soldado em qualquer circunstância e, para tanto, ela contava com as seguintes características:

coturno-botas-caracteristicas2

1 – Cano alto

Protegia as pernas do soldados, mas cano alto também é ótimo para motoqueiros, pois o couro evita arranhões em um ocasional queda, motivo pelo qual as jaquetas perfecto também são amadas por eles. O cano alto também pode proteger do ataque de algum bicho peçonhento.

Não confunda com: bota de montaria.

2 – Sola grossa

Permitia andar por qualquer terreno irregular com estabilidade, não escorregava e durava anos de uso constante. É um dos elementos que deixam o calçado parrudo e masculino, pode ser tratorada ou não, mas sempre grossa.

Não confunda com: work boot

3 – Biqueira reforçada

A bota foi desenhada para proteger os pés, então nada mais justo do que um bico mais alto revestido de metal, aliás este elemento é o maior diferencial do coturno, algumas botas até podem ter uma biqueira similar, mas nenhuma é tão resistente quanto a do coturno. Ela pode ou não possuir o cap toe, o pedaço de couro sobrepondo o bico, mas as clássicas são lisas como as Dr. Martens (veja aqui).

Não confunda com: bota cap toe

4 – Couro impermeável

Hoje existem alguns coturnos de lona ou que misturam lona e couro, mas o verdadeiro é feito de couro tratado para ser impermeável, garantindo, além da durabilidade, a proteção contra infiltração de qualquer líquido.

Não confunda com: dress boots ou galochas

5 – Cadarços

Os cadarços ajudavam a calçar o coturno com mais agilidade se fosse preciso entrar em ação a qualquer momento, mas também facilitavam na hora de retirar a peça, principalmente quando os pés inchavam devido a longas caminhadas! Alguns modelos tem ganchos ao invés de ilhoses na parte do cano, o que torna ainda mais fácil desatar a bota.

Não confunda com: qualquer bota com cadarço

…….

O coturno atualmente

Assim como toda peça de roupa clássica, o coturno sofreu modificações com o passar dos anos, ganhou cores, estampas, tachas, costuras e solas coloridas, fivelas, tiras de couro e zíperes que facilitaram ainda mais o ato de calçá-lo, o tamanho do cano aumentou e diminuiu, atendendo as necessidades de quem o usa para trabalho ou o senso estético de quem apenas admira o calçado como uma peça fashion e viu o couro ser misturado a lona para torná-lo mais confortável, mas não perdeu seu ar agressivo e rebelde que conquistou roqueiros e punks nos anos 70, colocando uma bota militar entre os ícones da moda masculina.

Leia também:

Destaques, Moda Masculina

Sobre o autor

Ricardo Terrazo Junior acredita que com bom senso e iniciativa qualquer homem pode se vestir bem. Quando não está escrevendo aqui divide seu tempo entre seu trabalho como designer gráfico e seu outro site, o Bazar Pop.

4 Responses to “O Que Diferencia o Coturno da Maioria das Botas?”

  1. Raphael says:

    Sou adepto! Heheeheheheh

    Ricardo, corrige ali no “qualquer terreno irregular sem com estabilidade”.

    Abraço!

  2. Cláudio says:

    Onde encontro esse segundo coturno ? Qual a marca ?

Deixe um comentário