Nós de Gravata: O Complicado Ressurection Knot

27/08/2016 2 Comentários por

Nós de Gravata: O Complicado Ressurection Knot

Rebuscado no visual e na execução, o ressurection knot (não me perguntem o porquê do nome) é um nó de gravata que certamente chamará atenção das pessoas. O volume na altura do colarinho e o desenho criado pelo tecido da gravata dobrado e trançado formam um  design exótico que pode conquistar alguns e espantar outros, mas não é assim com a maioria destes novos nós? É preciso ter muita atitude para usar algo assim!

Como já disse, a execução é um pouco complicada e necessita de certa prática para que o ressurection knot saia perfeito, além disso a gravata precisa ter um tecido liso e macio, que permita uma manipulação mais complexa, preferencialmente seda. Provavelmente ele consumirá muito tecido da gravata, portanto não é de se estranhar que o sujeito do vídeo esteja com um colete, muitas vezes esses nós não permitem que a gravata chegue até o topo da fivela do cinto, por outro lado os baixinhos não vão se preocupar com tecido sobrando em suas gravatas.

Veja abaixo como fazer o ressurection knot:

Nota:

Também é importante neste caso que o nó fique proporcional com a abertura do colarinho e até mesmo com a largura de seu rosto ou o tamanho de sua cabeça, pessoas com rosto pequeno podem não sentir uma proporção adequada quando usarem este nó.

Leia também:

Estilo, Multimídia, Vídeos

Sobre o autor

Ricardo Terrazo Junior acredita que com bom senso e iniciativa qualquer homem pode se vestir bem. Quando não está escrevendo aqui divide seu tempo entre seu trabalho como designer gráfico e seu outro site, o Bazar Pop.

2 Responses to “Nós de Gravata: O Complicado Ressurection Knot”

  1. Deco says:

    Ricardo, qual a sua opinião sobre esses nós de gravata mais diferentes? Não fica muito excêntrico?

Deixe um comentário