8 Dicas Para Tratar Suas Roupas Com Cuidado e Respeito

04/09/2014 3 Comentários por

Look_nao_use_blazer_assimUm dos assuntos mais comuns que surgem quando converso com alguém sobre moda masculina é a respeito da qualidade e da durabilidade das peças de determinadas marcas e lojas, mas o mais impressionante é a disparidade de opiniões, com algumas pessoas dizendo que a marca X é ótima e outras criticando a mesma! Muito dessas experiências, sejam elas boas ou ruins, tem como maior variável a maneira como a pessoa usa e cuida de suas roupas, pois na maioria das vezes os organizados e zelosos pouco tem a reclamar, enquanto os desleixados vivem falando sobre o quão infelizes são com suas aquisições de vestuário.

Se você está na turma dos que acham as roupas frágeis demais, talvez deva repensar a maneira como as trata, então aqui vão algumas dicas para respeitar e cuidar do que está dentro do seu guarda roupas:

1 – Evite amarrar peças frágeis ou muito estruturadas na cintura

Se o blazer está esquentando a ponto de você ter que tirá-lo, pendure-o no braço, coloque-o sobre a bolsa carteiro ou dobre-o com cuidado e guarde na mochila. Amarrar uma peça feita com tecido de boa qualidade e delicado na cintura é um crime, além disso, muitas dessas peças tem forro e entretela que podem perder suas formas e arruinar o caimento. Mostre um pouco mais de respeito pelo trabalho do nosso amigo alfaiate e seja cuidadoso!

2 – Deixe as roupas descansarem

Assim como os sapatos de couro que não devem ser usados dois dias seguidos a fim de deixar seu couro “respirar”, as roupas também devem ter um intervalo de, pelo menos, 24 horas entre um uso e outro. Nesse meio tempo suas fibras voltam ao lugar e a umidade captada do seu corpo evapora.

3 – Não guarde logo de cara

Acabou de usar um casaco de lã e já guardou no armário? Nada disso, dê um tempo! Para que a dica anterior funcione, você deve deixar a peça tomar ar e, muitas vezes, essa simples atitude é suficiente para que tirar odores fortes como o de cigarro ou de fritura.

4 – Nem toda roupa vai no cabide

Nós sabemos que nada é mais prático que o cabide na hora de se livrar daquelas roupas que estão pelo caminho, mas peças muito pesadas e pouco estruturadas, como tricôs e blusas com gola V tendem a ficar completamente deformadas quando penduradas, então acostume-se com a ideia de dobrá-las sempre que for guardá-las.

5 – Faça a barra ou dobre, não há terceira opção

O jeans longo demais deve ter sua barra feita ou dobrada, deixá-la arrastando no chão não é uma opção, servindo apenas para tornar o tecido horrivelmente esgarçado e puído.

6 – Camisetas básicas como underwear

Usar uma camiseta básica por baixo daquela camisa caríssima pode evitar sujá-la e deixar marcas amareladas de suor ou de desodorante (alguns deles são piores do que o suor!) nas axilas. Assim você poderá usar a roupa mais tempo e sem submetê-la a diversas lavagens.

7 – Desfaça o nó da gravata

Já demos essa dica antes, mas nunca é demais repetir que a gravata deve ser guardada na vertical (preferencialmente) e com o nó desfeito para que não perca sua forma ou ganhe vincos. Faça isso mesmo depois de chegar acabado daquele casamento regado a champanhe e música.

8 – Faça o grooming antes de estar completamente vestido

Barbear e aplicar produtos nos cabelos ou na pele pode significar respingos e pêlos caídos sobre aquele seu terno caríssimo ou sua camisa preferida, portanto, antes de vesti-los, cuide de sua rotina de beleza, limpe-se adequadamente e só depois vista as peças mais importantes como camisa, gravata, blazer, casaco ou malha.

…….

Opinião do autor:

Mesmo as atitudes mais ínfimas servem para aumentar a durabilidade das roupas e garantir que seu caimento continue impecável. Já foi mais displicente quanto a este assunto, mas notei um incremento considerável na vida útil dos meus itens de vestuário depois que passei a tomar mais cuidado com o que uso no dia a dia.

Obs: na foto em destaque o rapaz acertou ao dobrar a calça muito longa, mas errou miseravelmente quando decidiu amarrar o clássico blazer príncipe de Gales na cintura.

Leia também:

Destaques, Estilo, Moda Masculina

Sobre o autor

Ricardo Terrazo Junior acredita que com bom senso e iniciativa qualquer homem pode se vestir bem. Quando não está escrevendo aqui divide seu tempo entre seu trabalho como designer gráfico e seu outro site, o Bazar Pop.

3 Responses to “8 Dicas Para Tratar Suas Roupas Com Cuidado e Respeito”

  1. João Víctor says:

    9 – Nada de malha vai ao cabide, a gravidade faz o tecido esgarçar e perder a elasticidade

  2. Pedro Coutinho says:

    Outra dica é observar o tipo de lavagem que damos as roupas. Mesmo que lavemos na opção “delicado” na maquina de lavar, com o tempo, as roupas irão ceder e perder o caimento. Por isso, sempre que possível lavo roupas mais justas e acinturadas e com tecidos mais sensíveis à lavagem a mão. 😉

Deixe um comentário