Usando o Ponto Focal Para Valorizar o Visual Masculino

09/12/2013 7 Comentários por

gravata_ponto_focal_terno

Se você quer investir em um visual marcante não adianta inventar algo como camisa mostarda com gravata magenta ou terno verde com risca de giz laranja, o homem elegante sabe quando usar as cores a seu favor, mas, o mais importante, também sabe usá-las na medida certa. Um dos truques para fazer isso é o “ponto focal”.

Mas o que é o ponto focal na moda masculina?

Trata-se daquele ponto da roupa que atraí o olhar imediatamente, valorizando a combinação e chamando a atenção das pessoas de uma maneira positiva.

Como usar?

A preferência é que ele fique na área do tronco, um ponto focal na área do quadril, por exemplo, pode ser um desastre. Quanto mais próximo do seu rosto, melhor, além de chamar atenção para esta parte do seu corpo, ele pode até fazer você parecer mais alto.

O que usar?

Geralmente peças menores ou que não dominem o look são as escolhidas para este tipo de recurso. Para os homens uma das mais exploradas é a gravata, pois deixa o visual mais alinhado e, quando bem escolhida, pode mudar completamente o estilo e a sofisticação de um traje, ou seja, aquele terno preto com camisa branca que parece tão comum pode se tornar muito mais marcante quando acompanhado do acessório correto. A gravata não está sozinha quando falamos em ponto focal, cachecóis, lenços e até camisas (desde que não dominem o campo visual) podem se tornar ferramentas neste caso, mas provavelmente a gravata é de longe a mais versátil.

Cores e materiais

Uma cor contrastante ou vibrante sempre vai chamar mais atenção, mas aqui fica o aviso para tomar extremo cuidado com isso, algo muito espalhafatoso pode causar um efeito totalmente indesejado, atraindo olhares pelo motivo errado! Se você optou por uma matiz forte, não há necessidade de uma estampa com desenhos grandes ou um tecido que parece metal de tão brilhante. Seja criterioso!

Opinião do autor

Todos os dias eu recebo alguns e-mails de leitores perguntando a respeito de combinações de terno, camisa e gravata para algum tipo de evento. Na maioria das vezes a pessoa que indaga também afirma ter aversão por ternos em cores sóbrias e camisas brancas, sempre buscando um amálgama de cores mágico das peças citadas que deixará todos estarrecidos diante de tanta formosura! Na verdade os looks com terno para casamento, por exemplo, não tem muitas variações principalmente se você segue a risca a formalidade do evento, o mais usual continua sendo o terno escuro, camisa clara (quando não a branca) e gravata a gosto. Então porque não tirar proveito disso? Escolha uma gravata com carinho e arrase.

Resumindo

  • Misturar um monte de cores nem sempre é a melhor solução, principalmente quando você tem um traje formal;
  • O ponto focal faz com que as pessoas olhem para onde você quer e para o que deve ser destacado;
  • Mantenha-o sempre na parte de cima do look, de preferência perto do rosto;
  • A gravata é o um grande coringa neste caso, sua variedade de estampas e cores permitem diversas combinações;
  • Cachecóis, lenços, echarpes, camisas e camisetas também funcionam, desde que não dominem o campo visual;
  • Cores fortes são uma boa escolha, mas cuidado com exageros;
  • Este recurso é ideal para casamentos com dress code ” traje social ou passeio completo”, onde é não é exigido o black tie.

Leia também:

Destaques, Estilo

Sobre o autor

Ricardo Terrazo Junior acredita que com bom senso e iniciativa qualquer homem pode se vestir bem. Quando não está escrevendo aqui divide seu tempo entre seu trabalho como designer gráfico e seu outro site, o Bazar Pop.

7 Responses to “Usando o Ponto Focal Para Valorizar o Visual Masculino”

  1. André says:

    Um lenço no bolso do terno, por ser menor, acredito que tenha mais efeito.

  2. reginaldo says:

    Uma corrente prata, resguardadas as proporções, teria efeito semelhante em look street wear.

    • Ricardo says:

      Reginaldo,
      não, não teria. Aliás se tem uma coisa que eu não aconselho é o uso de correntes de prata, esteja você com a roupa que for. Colocar o ponto focal em uma jóia ou bijuteria significa apostar suas fichas em uma peça extravagante, pesada e de gosto duvidoso. Fique com as roupas mesmo, é mais fácil.
      Abs

  3. Fábio says:

    Olá Ricardo!

    Nessa matéria vc disse: “um ponto focal na área do quadril, por exemplo, pode ser um desastre”. Notei que na foto acima a fivela usada é bem discreta.

    Usar uma fivela um pouco mais marcante (mas não como uma de Festa do Peão, claro!) seria errado?

    • Ricardo says:

      Fábio,
      ela teria que ser muuuito marcante para se tornar o ponto focal ou a roupa simplória demais, em nenhum dos casos o uso de tal acessório se justifica. Se uma fivela é adequada ela até pode se destacar, mas não o suficiente para atrair tanto o olhar.

      Abs.

  4. Henrique says:

    Bom dia Ricardo,

    achei bastante interessante este assunto, uma perspectiva pouco abordada qd se fala de moda.
    Você poderia citar outros exemplos e imagens? É um pouco difícil abstrair pra quem não entende muito.
    Pensei em óculos, relógios, piercing e até barbas e cabelos estilosos. Está correto?

    Abraço.

    • Ricardo says:

      Henrique,
      pense mais em gravatas, óculos, cachecóis, lenços e até uma camisa com um colarinho bacana ou uma camiseta com um estampa que se destaca sem ser muito espalhafatosa. O ponto focal sempre é melhor perto do peito e do rosto, mas tem que ser algo intercambiável, ou seja, barbas, cabelos e piercings não contam, pois são fixos, o que não quer dizer que você Não pode usá-los para também chamar atenção de sua face.

      Abs.

Deixe um comentário