Veja Como São Feitos os Sapatos Da Grife Suíça Bally

13/10/2012 1 comentário por

A Bally é uma empresa suíça que começou produzindo sapatos femininos na segunda metade do século XIX. Hoje, como parte da Labelux, dona de outras grifes de luxo como Jimmy Choo e Belstaff, tornou-se referência em qualidade e design de calçados no  mundo todo, além de também possuir uma linha de roupas extremamente sofisticada e bem conceituada.

Para nós homens, visitar o site da marca tem dois atrativos: poder personalizar seu próprio exemplar, com direito a ter seu nome gravado na parte interna, e assistir aos vídeos que contam um pouco da história da marca, mostram depoimentos de funcionários e exibem detalhes da confecção manual primorosa, aplicada a cada sapato que sai da fábrica da marca.

Nos vídeos abaixo, nada de gigantescas linhas de produção e automação, apenas artesãos trabalhando cuidadosamente em uma pequena obra de arte e falando, com orgulho, sobre seu ofício! Vale a pena conhecer:

No vídeo acima o diretor criativo da Bally, Graeme Fidler, fala um pouco do processo de fabricação do calçado e de como eles buscaram se inspirar nos primeiros modelos originais da linha Scribe, criada em 1951, para manter o espírito clássico nos sapatos feitos atualmente.

…….

Aqui o gerente de desenvolvimento e produção de sapatos fala um pouco sobre a manufatura dos produtos da Bally. São mais de 200 etapas até que seu calçado personalizado esteja pronto.

…….

Este vídeo conta em 160 segundos os 160 anos da Bally e é de deixar qualquer um de queixo caído! Entre os feitos da empresa estão: a criar os scarpins em 1890 (sorte das mulheres!), equipar, com suas botas, os primeiros a chegar ao cume do Everest em 1953 e estar nos pés do primeiro homem a pisar na lua!

…….

Como eu já mencionei, os sapatos da linha Scribe (que significa escriba) podem ser personalizados pelo cliente. Neste vídeo é mostrado o couro usado neste calçados e o processo de tingimento de acordo com a escolha do comprador.

…….

Para finalizar, uma amostra das duas solas disponíveis para o Scribe (couro e borracha) e uma breve explicação sobre os dois tipos de fitting. Para entender melhor, experimente usar a ferramenta de customização disponível no site da Bally, mesmo que você não tenha mais de 700 libras (!) para pagar em um sapato, é uma boa chance de entender como um calçado de qualidade é feito! Basta clicar em DESIGN YOUR SCRIBE NOW.

Mais informações: www.bally.com

Leia também:

Destaques, Moda Masculina, Multimídia, Vídeos

Sobre o autor

Ricardo Terrazo Junior acredita que com bom senso e iniciativa qualquer homem pode se vestir bem. Quando não está escrevendo aqui divide seu tempo entre seu trabalho como designer gráfico e seu outro site, o Bazar Pop.

One Response to “Veja Como São Feitos os Sapatos Da Grife Suíça Bally”

  1. Gilberto Teixeira says:

    Eu tenho um mocassim Bally, é maravilhoso!!
    Tanto que enviei a um sapateiro para fazer reparos na lâmina de metal que há entre o solado e o couro. Vale a pena

Deixe um comentário