Papo H Podcast #77 – Masculinidade X Babaquice, Vida Saudável, Inventos Brasileiros

7

Papo H Podcast #77 - Masculinidade X Babaquice, Vida Saudável, Inventos Brasileiros

Muita gente interpreta de maneira errada a palavra masculinidade, deixando o conceito descambar para a babaquice e até para o machismo. Pior, muitos usam a masculinidade como desculpa para má educação e misoginia. Neste Papo H, Ricardo Terrazo Junior, Barbara Duarte e o Carrasco listam elementos que caracterizam a masculinidade e outros que não passam de idiotice.

Você fez as tradicionais promessas de ano novo? Entre elas estava ir mais a academia, comer melhor ou largar o cigarro? Então ouça nossas dicas simples para uma vida mais saudável, mesmo que você não seja um rato de academia. Saiba como evitar o estresse, noites mal dormidas, gordurinhas e uma vida sedentária.

No terceiro bloco falamos sobre invenções de brasileiros que poucas pessoas sabem que foram concebidas em nossas terras. Descubra quem mudou a história da indústria automobilística, quem salvou a vida de milhares de pessoas e quem bolou o avô do iPod.

No final do episódio o Carrasco dá uma dica de livro para quem curte rock e quer saber mais sobre a vida dos seus ídolos.

Instagram do Carrasco

Visite e siga o Instagram do Carrasco, é o @harleysdesampa, tem muita foto bacana para quem curte as clássicas motos Harley Davidson.

Dê sua opinião

Caso queira enviar sua mensagem, clique em contato no menu do topo ou deixe seu comentário logo abaixo.

Assine

– Abra o iTunes > Clique em arquivo > Selecione Assinar Podcast > Cole a URL abaixo no campo indicado.

– Feed RSS para assinar no iTuneshttp://www.canalmasculino.com.br/feed

Clique no player abaixo para ouvir o 77º Papo H Podcast  ou no link  “download” para baixar o arquivo MP3.

7 COMENTÁRIOS

  1. Joe Reis – 33 anos- Analista de TI
    São José dos Campos – SP

    Olá, feliz ano novo galera.
    Essa trinca de vocês esta excelente, gostei desse programa e o de Reveillon.
    Sobre o tema Masculinidade X Babaquice, quero dizer que foi muito legal, inclusive, renderia mais alguns blocos. Mas…. agora que fui promovido a solteiro (depois de 16 anos) e após alguns encontros, incluindo algumas adeptas do feminismo, ainda não encontrei uma garota que se ofereça para dividir a conta. Não é uma reclamação, só estou constatando.
    Também não é incomum ouvir mulheres dizendo que o cara tem que fazer o papel de homem, chegar, chegando na balada. É complicado saber o limite as vezes, porque o chegar chegando não seria meio que opressor para a garota. Esta complexo ser homem hoje em dia meus caros.

    Sobre vida saudável, entendo que vai de cada organismo, nessa nova vida como solteiro, no minimo 1 cerveja por dia. Pratico judo 3 vezes por semana, me alimento muito bem, com um prato colorido igual minha mãe me obrigava a comer, porém, não fico sem comer nada que me de vontade. Pizza, churrasco, batata frita, doces… Ok, não sou bonitão, tenho realmente uma barriguinha, mas não me importo. O médico disse que estou ok, então, ok. Toca o barco.

    Desculpe não conseguir escrever pouco. Novamente, parabéns pelo programa, o passe do Carrasco foi uma excelente aquisição. Acho que poderiam abordar o feminismo em um programa futuro.

    PS: Eu gosto de Roberto Carlos. Só mantenho em segredo.

  2. Raull, pera lugar errado!
    Brincadeiras sobre a vila dos blogueiros a parte, vamos aos comentários:
    Primeiro de tudo, que noticia boa o Carrasco ter entrado pra equipe fixa do Papo H. Sempre curto as participações dele, aqui ou no Ultrageek.
    Uma coisa que descobri a alguns meses é que o inventor do cambio automático além de brasileiro é tio do escritor Paulo Coelho. E que ele optou por vender a patente por um valor fixo ao contrario do 1 dollar por unidade vendida que a chevrolet ofereceu como alternativa. Ele não achou que existiriam tantos carros automaticos nos anos seguintes.

Deixe uma resposta