Perfumes Masculinos: Conheça as Famílias Olfativas

10/08/2016 Sem comentários por

Perfumes Masculinos: Conheça as Famílias Olfativas

Se você se interessa por perfumes masculinos provavelmente já ouviu falar em famílias olfativas, que nada mais são do que uma classificação feita de acordo com a fragrância que mais se destaca dentro da estrutura de um perfume (notas de coração, saída e fundo), logo podemos ter dois exemplares com notas de madeira, mas só um deles ser considerado um amadeirado por ter essa nota sobressaindo.

As famílias olfativas também possuem subcategorias, portanto podemos ter um oriental amadeirado ou um cítrico aromático, mas neste caso estamos nos aprofundando demais, é melhor começarmos com o básico.

1 – Perfumes masculinos amadeirados (família amadeirada ou boisée)

perfumes-masculinos-familias-olfativas-amadeirados

Acredito que seja a família olfativa mais máscula, não a toa aproximadamente 3/4 dos lançamentos masculinos do mercado pertencem a ela. As notas podem ser quentes, como o sândalo e o pau-santo, secas como o cedro e o vetiver, assim como também temos as úmidas e verdes como a patchuli e a essência de pinho. As matérias primas para a produção desses perfumes são caras e isso deve se refletir no valor do produto.

Características: elegantes, sedutores e sofisticados esses perfumes estão entre os preferidos pelos homens clássicos, principalmente por também evocarem seriedade em muitos casos.

Subcategorias: amadeirado, amadeirado conífero cítrico, amadeirado especiado, amadeirado ambreado, amadeirado aromático, amadeirado especiado couro, amadeirado marinho, amadeirado frutado.

Exemplos de perfumes amadeirados: Bulgari pour Homme (Bulgari), Hugo (Hugo Boss), Gentleman (Givenchy), Polo (ralph Lauren).

…….

2 – Perfumes masculinos Fougère (família aromática ou fougère)

perfumes-masculinos-familias-olfativas-lavanda

Mais uma família que se destaca nos perfumes masculinos, utilizando matérias primas como essências de lavanda, patchuli e o absoluto de musgo de carvalho. Nas notas é possível identificar lavanda, cumarina e toques cítricos, aromáticos, especiados e amadeirados. É importante destacar que o nome dessa família olfativa nada tem a ver com a samambaia (fougère), mas com o perfume Fougère Royale, de Houbigant, criado em 1882.

Características: sua fragrância fresca e natural lembra relva, sugere limpeza e vibração e é muito adequada para locais quentes.

Subcategorias: fougère floral ambreada, fougère ambreada doce, fougère especiada, fougère aromática, fougère frutada.

Exemplos de perfumes dessa família: Polo Sport Etrème (Ralph Lauren), Escape for Man (Calvin Klein).

…….

3 – Perfumes masculinos cítricos (família cítrica ou Hespéridée)

perfumes-masculinos-familias-olfativas-citricos

Resultado de essências obtidas de frutas cítricas como a bergamota, laranja, limão e tangerina. São perfumes frescos onde existem poucas notas de coração e de fundo, com as notas de topo predominando. Por ser fresca, essa fragrância se encaixa muito bem em nosso clima quente e costuma receber toques amadeirados nas versões masculinas.

Características: leves e marcantes, são uma boa opção para o dia a dia,  principalmente no Brasil. Os cítricos amadeirados costumam agradar os homens que buscam uma fragrância agradável com toque de sofisticação.

Subcategorias: cítrico especiado, cítrico aromático, cítrico floral cíprio, cítrico amadeirado, cítrico floral amadeirado.

Exemplos de perfumes cítricos: Cacharel pour Homme (Cacharel), Eau de Dali (Salvador Dali), Drakkar (Guy Laroche), CK One (Calvin Klein).

…….

4 – Perfumes masculinos florais (família floral)

perfumes-masculinos-familias-olfativas-ylang-ylang

É uma família quase que predominantemente feminina, mas existem alguns exemplares masculinos com toques florais, embora sejam raros. As matérias primas utilizadas envolvem jasmim, tuberosa, rosa turca, flor de laranjeira, gerânio e ylang-ylang (foto).

Características: com odor agradável, podem resultar em perfumes levemente exóticos quando misturados com especiarias ou notas amadeiradas, agradando homens de personalidade forte.

Subcategorias: soliflor lavanda, buquê floral, floral aldeidado, floral verde, floral amadeirado frutado, floral amadeirado, floral marinho, floral frutado.

Exemplos de perfumes florais: Pour un Homme (Caron), Aqua di Gio (Armani), Scape (Calvin Klein).

…….

5 – Perfumes Masculinos Chipre (Família Chipre ou Chypre)

perfumes-masculinos-familias-olfativas-musgo-carvalho

Outra família onde abundam os perfumes masculinos, mas que também traz suas exceções. Sua composição frequentemente une bergamota, musgo de carvalho (foto), patchouli e outras madeiras nobres. O nome vem do perfume criado em 1917 por François Coty.

Características: as notas quentes se fixam bem ao corpo e a combinação de fragrâncias sempre fez sucesso com o público masculino que procura algo sedutor e marcante.

Subcategorias: chipre frutado, chipre floram aldeidado, chipre couro, chipre aromático, chipre verde, chipre floral.

Exemplos de perfumes chipres: Pour Monsier (Chanel), Dali Pour Homme (Salvador Dali).

…….

6 – Perfumes masculinos orientais ou ambreados (família oriental ou ambrée)

perfumes-masculinos-familias-olfativas-especiarias

O nome vem do âmbar, cujo odor almiscarado marca esta família olfativa, evocando bálsamos e resinas do oriente antigo, além de especiarias, produzindo fragrâncias ideias para quem procura algo exótico e quente.

Características: as notas exuberantes dão elegância a esses perfumes e elementos picantes como a canela ou a baunilha atiçam os sentidos. Ideais para homens que gostam de fragrâncias exóticas envolventes, que emanam mistério.

Subcategorias: oriental suave,oriental floral especiado, oriental cítrico, oriental floral amadeirado, semi oriental floral, oriental floral frutado.

Exemplos de perfumes ambreados: Le Mâle (Jean-Paul Gaultier), Sculpture (Nikos).

…….

7 – Perfumes masculinos cuir (couro) (família couro ou cuir)

perfumes-masculinos-familias-olfativas-couro

Em muitas listas esta família não é citada por ser considerada menos importante e possuir apenas 3 subcategorias, mas é quase impossível ignorar a força deste tipo de perfume no universo masculino, portanto acho importante listá-lo.

Com notas secas que tentam reproduzir o aroma do couro, mas sem utilizar esse material, obtendo o aroma do couro por meio de outras essências, de maneira sutil, essa família olfativa agrada muito aos homens, mantendo uma pegada roqueira e noturna. Na maioria das vezes é conseguido com as essências de bétula, labdanum e benjoim e um componente sintético importante, a isobutilquinoleina ou IBQ.

Características: tem uma pegada muito masculina, remetendo a algo rústico e forte, ainda mais quando levam toques de tabaco. Indicado para homens com personalidade marcante e espírito rebelde, faz muito sucesso no inverno e em eventos noturnos.

Subcategorias: couro, couro floral e couro tabaco

Exemplos de perfumes: Aramis de Aramis, Bel Amis (Hermès), Royal Copenhagen (Swank), Tuskan Leather (Tom Ford).

…….

Saiba mais:

Notas de topo – são as notas voláteis que você sente logo de cara, geralmente frescas e leves, mas também somem mais rápido, portanto não se deve escolher o perfume por elas, espere os demais aromas sobressairem;

Notas de corpo (notas de coração) – são aquelas mais encorpadas que aparecem quando o perfume começa a ser absorvido pela pele, dando personalidade a ele;

Notas de fundo (notas de base) – são as notas que duram mais e podem vir de madeiras, especiarias, resinas, alimentos ou sintéticas imitando matérias primas de origem animal.

Leia também:

Destaques, Grooming

Sobre o autor

Ricardo Terrazo Junior acredita que com bom senso e iniciativa qualquer homem pode se vestir bem. Quando não está escrevendo aqui divide seu tempo entre seu trabalho como designer gráfico e seu outro site, o Bazar Pop.
No Responses to “Perfumes Masculinos: Conheça as Famílias Olfativas”

Deixe um comentário