Papo H Podcast #62 – Motoclubes, Não Existe Almoço Grátis, Carros-Roubada

29/11/2015 2 Comentários por

vitrine_podcast_papo_h_ep62

Convidamos nossos amigos, o casal Claudir Segura e Renata Ruiz, para falar como é viver a vida sobre duas rodas, participando de um motoclube. Qual é o objetivo desses grupos de motociclistas? O que é preciso para fazer parte de um deles? Como as pessoas veem esse tipo de “fraternidade”? No primeiro bloco responderemos todas essas perguntas!

Com os programas, extensões e aplicativos que bloqueiam a publicidade na internet, muitos serviços e sites passarão a ser pagos ou parcialmente abertos, pois precisam gerar receita de alguma forma. No segundo bloco falaremos como existe um preço para tudo que você pensa ser grátis e como futuro da web provavelmente pesará em seu bolso.

No terceiro bloco aproveitamos a vida de desventuras de nosso convidado e suas péssimas experiências com automóveis para falar dos carros-roubada, verdadeiros pesadelos sobre rodas que trazem mais dor de cabeça do que alegrias para seu dono.

Dê sua opinião

Caso queira enviar sua mensagem, clique em contato no menu do topo ou deixe seu comentário logo abaixo.

Assine

– Abra o iTunes > Clique em arquivo > Selecione Assinar Podcast > Cole a URL abaixo no campo indicado.

– Feed RSS para assinar no iTuneshttp://www.canalmasculino.com.br/feed

Clique no player abaixo para ouvir o 62º Papo H Podcast  ou no link  “download” para baixar o arquivo MP3.

Leia também:

Multimídia, Podcast

Sobre o autor

Ricardo Terrazo Junior acredita que com bom senso e iniciativa qualquer homem pode se vestir bem. Quando não está escrevendo aqui divide seu tempo entre seu trabalho como designer gráfico e seu outro site, o Bazar Pop.

2 Responses to “Papo H Podcast #62 – Motoclubes, Não Existe Almoço Grátis, Carros-Roubada”

  1. Paulo ERbolato says:

    É a primeira vez que resolvi comentar, pq esse merece. Sempre muito bom o conteúdo do Papo H, porém dessa vez vocês se superaram, ou melhor, o convidado se superou sobre os carros roubadas. Acho que a ultima vez que eu ri tanto com algo na internet, foi quando eu vi pela primeira vez o Seu Merda, no Terça Insana. Os funcionários começaram a rir de tanto que eu ria, pq é claro que acabei lembrando das minhas roubadas também. Parabéns pelo canal.

Deixe um comentário