O Estilo das Tribos: Teddy Boys

24/04/2013 5 Comentários por

teddy_boys_bottega_veneta1

Nascida no final dos anos 50, a subcultura dos Teddy Boys era composta por jovens ingleses, de baixa renda e amantes de rock que não podiam se dar ao luxo de diversões caras, agrupando-se em cafés, pubs e casas de show. Para esconder suas origens humildes adotaram as roupas inspiradas na era eduardiana que a Savile Row, rua famosa por ser um pólo de moda da época, tentou re-introduzir após a segunda guerra mundial. Com suas lapelas aveludadas e bolsos com abas, as jaquetas dos Teddy Boys tornaram-se um símbolo desta tribo, mas também haviam as gravatas finas com laço, as calças justas de cintura alta e os calçados estilo de camurça com sola grossa, conhecidos como “creepers”.

teddy_boys_creepers1

Teddy Boys e seus creepers.

O penteado usado por eles se inspirava em Elvis Presley, um de seus ídolos, mas com um topete mais fofo e um detalhe apelidado de “rabo de pato” na parte de trás. Um célebre Teddy Boy foi John Lennon que pode ser visto em algumas fotos ostentando o topetão característico e as roupas já citadas.

teddy_boys_pub

O estilo eduardiano dos Teddy Boys

O comportamento dos Teddy Boys, era muitas vezes violento e, não raro, surgiam brigas em locais frequentados por eles. Muitas vezes chamados de xenófobos, chegaram a se envolver em conflitos raciais em 1958 no Reino Unido. Este tipo de comportamento leva muitos a crer que eles foram o possível embrião do movimento punk inglês, juntamente com os Mods, seus arqui-inimigos que geraram os skinheads. Mas nem todos os jovens que integravam este grupo tinham este tipo de atitude, muitos apenas buscavam uma identidade própria através da moda e da música, algo que se tornou comum entre os adolescentes nas décadas seguintes.

teddy_boys_final_anos_70

Teddy Boys no final dos anos 70

Assim como os Rockabillys, os Teddy Boys não desapareceram totalmente. Após o auge do fenômeno entre meados dos anos 50 e início dos anos 60, a tribo ainda teve um retorno entre as décadas de 70 e 80, possuindo até hoje seus adeptos. A imagem do Teddy Boy é tão forte na cultura inglesa ou, em uma proporção mais abrangente, européia, que a luxuosa grife italiana Bottega Veneta inspirou-se no estilo destes jovens para criar uma coleção em 2010 (foto do topo e logo abaixo), mostrando que a estética do grupo ainda tem seu apelo e charme.

teddy_boys_bottega_veneta2

Elementos característicos do estilo Teddy Boy:

– Casacos longos ornados e inspirados na era eduardiana;
– Lapelas aveludadas;
– Camisas lisas;
– Gravatas finas com um laço feito na altura do pescoço;
– Sapatos de camurça com solado espesso, também conhecidos como creepers;
– Cabelo com topete volumoso e “rabo de pato” na parte de trás, chamado de “duck arse”;- Calças justas de cintura alta;
– Meias coloridas.

Veja o vídeo com o desfile Bottega Veneta Outono 2010 e preste atenção nos elementos que aparecem depois de 2:40 min.:

Leia também:

Destaques, Estilo, Moda Masculina

Sobre o autor

Ricardo Terrazo Junior acredita que com bom senso e iniciativa qualquer homem pode se vestir bem. Quando não está escrevendo aqui divide seu tempo entre seu trabalho como designer gráfico e seu outro site, o Bazar Pop.

5 Responses to “O Estilo das Tribos: Teddy Boys”

  1. Marcus Baby says:

    Não conhecia esse estilo, poderia dizer que é um Rockabilly “Mauricinho”. Não usaria nenhum desses elementos juntos.

    • Ricardo says:

      Marcus,
      os mauricinhos de verdade eram os Mods que gostavam de andar de lambreta e tinham um pouco mais de dinheiro e as duas tribos não se suportavam.

      Vou falar sobre os Mods em outra ocasião.

      Abs.

  2. Teddy Presley says:

    Meu estilo? kkkkkkkkkkkkk

  3. Isaac says:

    Obrigado!!! me ajudou muito numa pesquisa

Deixe um comentário