8 Erros que Você Pode Estar Cometendo ao Aplicar Perfume

6

8 Erros que Você Pode Estar Cometendo ao Aplicar Perfume

A aplicação do perfume é um fator importante para que ele funcione corretamente, embora muitos homens façam isso de maneira leviana, incorrendo em erros que são muito fáceis de prevenir. Neste artigo vamos mostrar os erros que você pode estar cometendo ao aplicar o perfume e provavelmente não se deu conta ainda.

8 erros que você pode estar cometendo ao aplicar perfume

1 – Aplicar na roupa

Muita gente costuma aplicar o perfume de uma maneira que ele se fixe também a roupa, mas essa é uma péssima ideia, pois uma fragrância que tem boa fixação vai permanecer na peça até a próxima vez que você for usá-la (se não lavá-la). Agora imagine como será se você não estiver repetindo o perfume…

Outra coisa: os produtos químicos presentes podem danificar o tecido. Você não quer isso, não é?

…….

2 – Borrifar o perfume mais de uma vez

Alguns perfumes pedem mais de uma borrifada para se sobressaírem, mas isso não é regra. Antes de despejar litros pelo corpo, certifique-se de que apenas uma borrifada não é suficiente, pois muitas vezes é. A aplicação na medida evita que você incomode as pessoas em vez de impressioná-las.

…….

3 – Aplicar perfume em áreas cobertas

Aplicar perfume nas partes internas dos cotovelos, por exemplo, não faz muito sentido se você vai usar mangas compridas, aliás, tudo o que você vai fazer é incorrer no erro do item 1. Aplique nos pulsos e no pescoço é o suficiente se a fragrância é realmente boa.

…….

4 – Esfregar os pulsos

Quando você esfrega os pulsos cria calor e fricção que alteram o odor do perfume. O mais indicado é apenas borrifar na área escolhida ou apenas encostar o pulso molhado nela.

…….

5 – Não aplicar perfume após o banho

A pele limpa e levemente umedecida não molhada) é mais adequada para a aplicação da fragrância, então tente transformar o ritual de passar perfume em um costume pós banho.

Dica extra: se você já tomou banho há um certo tempo, use um hidratante inodoro para deixar a pele com um certo grau de umidade, ele vai contribuir para destacar as notas,  com fixação e alcance.

…….

6 – Usar perfume de verão no inverno e vice-versa

Os sentidos são influenciados pelas condições climáticas, perfumes considerados quentes não são tão apreciados no verão e os muito frescos até são tolerados no inverno, mas não impressionam tanto, portanto a melhor opção é ter um perfume para temperaturas altas e outro para as baixas, ou ainda tentar encontrar uma fragrância mais neutra e que sirva para o ano inteiro.

…….

7 – Aplicar perfume depois que já se vestiu

É complicar o que é simples de graça! Você tem que dobrar ou arregaçar mangas, tirar relógio ou pulseiras, abrir colarinhos. Não é mais fácil borrifar sua fragrância favorita antes de vestir a camisa?

…….

8 – Passar outros produtos de cheiro forte

Pomadas para cabelo, hidratantes, desodorantes, cera para bigodes, atualmente temos um leque grande de produtos de grooming, mas muitas vezes seus odores não são dos melhores, nem combinam com seu perfume. Quando for comprar esse tipo de produto tente optar pelos que não tem cheiro ou cujo odor é quase imperceptível.

…….

Nota do autor:

Antes de criticar o perfume que está usando, verifique se estas dicas estão sendo seguidas, o mau uso do produto, em muitos casos, pode afetar sua fragrância, fixação e a maneira como as pessoas o sentem.

…….

Leia também:

Qual é a Maneira Correta de Passar Perfume Masculino?

6 COMENTÁRIOS

    • Adriano,
      os perfumes mais adequados para o verão tem notas frescas e aquáticas que exalam uma fragrância leve , já os de inverno são amadeirados ou especiados que dispertam uma sensação quente e intensa. Existem perfumes que conseguem equilibrar isso de uma maneira que você consegue usar em qualquer época, mas são mais raros.

      Abs.

  1. Olá Ricardo!
    Muito bom o podcast de vcs!
    Nao encontrei o link q vc comentou sobre como encontrar o seu perfume assinatura.
    Poderia me enviar?
    Sucesso e continuem em frente!
    Um Abraço

    Marcelo Paulino

Deixe uma resposta