Nova Linha de Básicos Hering

12/08/2014 2 Comentários por

hering_nova_linha_masculino_1Roupas básicas estão presentes no guarda roupas de todos os homens, dos sofisticados aos fãs do streetwear descolado, mas mesmo essas peças podem ser reinventadas sem perder a simplicidade cativante que permite sua combinação com quase tudo.

Com sua nova linha de básicos, a Hering procura justamente inserir malhas premium mais leves, mix de materiais e acabamentos requintados, alinhando estilo e conforto com excelente custo benefício, permanecendo no portfólio da marca independente da tendência de moda, com lançamentos constantes e novas cores a cada temporada.

hering_nova_linha_masculino_3

Veja as características e materiais da nova linha da Hering:

– Algodão pima – o confortável algodão peruano, feito com fibras extra longas e finas, colhidas a mão, foi incorporado às peças para deixá-las mais com mais maciez, brilho e durabilidade;

– Lavagens – o aspecto desgastado e as cores com tonalidades rebaixadas chegam para atribuir um visual mais cool às camisetas;

– Tecido plano – os tecidos diferenciados tem destaque nas camisas em cores lisas, proporcionando extremo conforto e tornando-se curingas do guarda roupas;

– Básicos para todos – a malha com biopolimento e os acabamentos mais estreitos conferem modernidades para os novos clássicos, principalmente as camisetas.

hering_nova_linha_masculino_2

Mais informações – www,hering.com.br

Leia também:

Destaques, Moda Masculina

Sobre o autor

Ricardo Terrazo Junior acredita que com bom senso e iniciativa qualquer homem pode se vestir bem. Quando não está escrevendo aqui divide seu tempo entre seu trabalho como designer gráfico e seu outro site, o Bazar Pop.

2 Responses to “Nova Linha de Básicos Hering”

  1. Íkaro Balestrin says:

    Comprei uma camisa branca com esse tal de algodão pima, que dizem ser colhido a mão e o escambal. Cara, que confortável de vestir, ela é bem mais fresca que a “normalzinha”, mas eles cobram por isso, ela custa umas 2,5 vezes o valor da “standart”.

Deixe um comentário