Qual é a Diferença Entre Docksides, Top-sider, Boat Shoe e Deck Shoe?

03/01/2015 3 Comentários por

sperry_top_sider_golden_dest

Um dos calçados mais requisitados pelos homens neste verão tem sido os boat shoes, mas também podemos dizer que os top-siders, docksides e deck shoes são igualmente desejados pelo público masculino, não porque uma infinidade de modelos de calçados náuticos tenham tomado as lojas nessa estação, mas a verdade é que todos estes nomes designam um mesmo tipo de sapato um pouco mais aberto, com biqueira costurada, sola com sulcos em zigue-zague (ou similar) e cadarço de couro, entretanto variações em lona, com amarração de cordão, mantendo o design original também são igualmente nomeados.

sperry_top_sider_model

A história do boat shoe começa em 1936 quando o ex-oficial da marinha americana, Paul Sperry, notou que seu cocker spaniel conseguia correr sobre o gelo mantendo sua tração, mesmo sobre uma superfície tão escorregadia, concluindo então que as ranhuras e cortes que davam textura a sola das patas do cão permitiam tal performance. Rapidamente ele patenteou seu solado Razor-Siping e criou em 1935 o primeiro sapato para esportes náuticos, tornando-o em poucos anos um sucesso entre os velejadores, fechando um contrato com marinha americana em 1939 para fornecer o Sperry Top-Sider aos marinheiros que precisavam caminhar com firmeza nos deques dos barcos enquanto defendiam o país.

Abaixo você vê um vídeo (em inglês) que conta, de maneira resumida,  a história da criação do top-sider da Sperry:

A partir daí a Sperry se tornou sinônimo de boat shoe e o termo top-sider, também criado por Paul, ganhou o mundo, acompanhando o sucesso da empresa que viu seu calçado ser usado por pessoas de todas as idades, em diversas ocasiões casuais, migrando das marinas para o ambiente urbano. Hoje a Sperry está para este tipo de sapato como a Dr. Martens está para o coturno e a Converse para tênis de lona com ponteira de borracha, não dá para falar de um sem pensar no outro.

Até aqui tudo bem, sabemos que a Sperry criou não só o calçado, como o termo que designa, apesar dos outros que foram surgindo como boat shoes (sapatos para barcos) e deck shoes (sapatos para deque) que são denominações tão óbvias quanto dizer que chuteiras são soccer shoes (sapatos para futebol)! Mas então quando surgiu o docksides?

sebago_docksides_azul_vermelho

Exatamente 10 anos depois do surgimento do top-sider da Sperry foi fundada a Sebago por 3 amigos da Nova Inglaterra, Daniel J. Wellehan, Sr., William Beaudoin and Joseph Cordeau, lançando seu primeiro produto, um penny loafer costurado a mão. Nos anos 70, com sua reputação consolidada no mercado calçadista e milhões de pares vendidos a Sebago criou seu próprio boat shoe e o batizou de Docksides, provavelmente para fazer uma alusão ao concorrente da Sperry, mas ao mesmo tempo evitar qualquer rusga com a empresa rival. Nos anos 80 os docksides ganharam os campus das universidades americanas e a marca tornou-se patrocinadora de um barco na importante regata O-Star, entre outros, e acabou por fornecer calçados para a equipe americana de vela. O status pop da Sebago estava garantido e o nome docksides agora fazia parte do vocabulário das pessoas tanto quanto o cinquentenário top-sider, tudo graças, entre outras coisas, a uma campanha de marketing bem feita!

sperry_top_sider_colors

Nos anos 90 o boat shoe perdeu um pouco de seu brilho; ofuscado por tênis tecnológicos de um lado, sapatos formais e a moda enfadonha da década do outro, foi relegado a categoria de calçado para pessoas mais velhas e conservadoras.

Mas então como foi que empresas como a Sperry e a Sebago conseguiram sobreviver e ainda voltar ao topo das escolhas de calçados masculinos de verão?

dois_looks_boat_shoes_milao

Simples, tudo o que ele precisava era ser repaginado e atualizado! Na última década o deck shoe ganhou combinações de texturas diferentes, estampas e solas coloridas que o deixaram tão fashion quanto qualquer outro sapato atual, mas com algumas vantagens: seu formato um pouco mais aberto, o fato de ser usado sem meia e o toque retrô/náutico o tornaram perfeito para combinações de verão com peças sempre presentes no vestuário do homem como bermudas color, jeans ou calças chino.

Mais informações:

Sperry Top-Sider – www.sperrytopsider.com

Sebago – www.sebago.com

Leia também:

Destaques, Moda Masculina, Multimídia, Vídeos

Sobre o autor

Ricardo Terrazo Junior acredita que com bom senso e iniciativa qualquer homem pode se vestir bem. Quando não está escrevendo aqui divide seu tempo entre seu trabalho como designer gráfico e seu outro site, o Bazar Pop.

3 Responses to “Qual é a Diferença Entre Docksides, Top-sider, Boat Shoe e Deck Shoe?”

  1. Fabio says:

    Concordo, esses tênis não incrementam nada, acredito que não dão personalidade ao look.

  2. Kaique says:

    Realmente, esses sapatos combinam praticamente com tudo. Ricardo, você conhece algum site que eu possa encontrar esse tipo de sapato? Você sugere alguma loja física onde eu possa comprar?

    • Ricardo says:

      Kaique,
      dá para encontrar esse tipo de sapato em quase todas as lojas de shopping, da Riachuelo a Brooksfield. Na internet a situação é a mesma, se você procurar nas grandes como a Dafiti e a Passarela vai achar, assim como nas menores como a Six Shoes.
      Abs.

Deixe um comentário