Quais São os Tipos de Chapéus Masculinos?

34

Quais São os Tipos de Chapéus Masculinos?

Os chapéus masculinos são acessórios pouco explorados pelo homem brasileiro que foi excluindo a peça de seu guarda roupa nas últimas 5 ou 6 décadas. O chapéu tem um papel importante não só na proteção contra o sol, frio e chuva, mas também como complemento a indumentária masculina, afinal não há quem não fique mais elegante com um Fedora ou um Panamá.

Conheça as partes dos chapéus masculinos tradicionais

O chapéu tradicional é formado pela aba, a parte que se projeta para fora da peça e pode ser rígida ou não, o cone ou copa, onde se encaixa a cabeça e cujo diâmetro e altura podem variar, o laço/fita que serve para dar acabamento e incrementar o visual e, finalmente, a coroa, o topo da peça.

chapeu_partes_legendaEste formato é aplicado a modelos clássicos de chapéus masculinos, como o Fedora, Trilby, Derby e Panamá, mas temos também a boina e o boné que tem um formato completamente diferente, mas que não iremos abordar por enquanto, deixando-os para um artigo específico

Tipos de chapéus masculinos

Panamá

panama_chapeu_modelo

Apesar do nome, foi criado no Equador, é feito de palha clara, embora, atualmente, tenham surgido modelos em cores variadas, possui aba larga e cone mediano, a cor do laço (fita) pode variar, mas na maioria das vezes é preto ou marrom. Ideal para dias quentes, pois é arejado e protege a cabeça do sol forte. Já falamos sobre ele neste post.

Variações: como disse, elas podem ocorrer nas cores, mas não na matéria prima, já que se o material deixar de ser palha da planta  Carludovica palmata a peça não pode ser considerada um autêntico Panamá.

…….

Fedora ou Borsalino

fedora_borsalino_chapeu_modelo

O Fedora também pode ser encontrado com o nome de Borsalino, tradicional marca italiana, considerada a inventora do modelo. O Fedora é feito de feltro (embora existam exemplares até de couro), tem aba média se comparado a um chapéu de cowboy, por exemplo, geralmente é encontrado nas cores marrom, preto e cinza com uma fita na mesma cor ou em tom similar, a coroa tem mais ou menos a mesma altura da coroa do Panamá e trata-se de um bom acessórios para outono ou inverno, protegendo muito bem do frio e do vento cortantes de algumas cidades, sendo hoje um dos chapéus masculinos mais populares.

Variações: couro, veludo ou até algodão são opções mais raras e entre as cores, tons frios e escuros podem surgir para os homens.

…….

Bowler/Derby ou Coco

browler_coco_chapeu_modelo

Nos EUA é Derby, na Inglaterra se chama Bowler e no Brasil falamos chapéu coco, a verdade é que este modelo foi criado na Inglaterra em 1846 pelo político Edward Coke, ganhando popularidade entre a classe trabalhadora e, posteriormente, a burguesia. Ficou mundialmente famoso e até hoje é lembrado graças a Charlie Chaplin e seu alterego, Carlitos.

Variações: Geralmente é feito de feltro preto ou cinza escuro, tem a coroa arredondada, aba curta e laço na mesma cor.

…….

Trilby

trilby_chapeu_modelo

Lembra o Fedora (veja a comparação), mas com uma aba muito mais curta, o Trilby já foi chapéu de gente abastada, hoje caiu na graça dos jovens e aparece por aí em diversas cores e materiais, mas o original era em tons neutros e com a fita na mesma cor ou com pequenas variações de tom.

Variações: o tradicional é em feltro, mas a trilby se adaptou para diversos gostos e públicos sendo possível encontrá-lo em couro, sarja, lona, veludo (foto) e até palha para climas quentes. As cores vão pelo mesmo caminho e o cinza abriu caminho para uma enorme variedade de matizes.

…….

Boater ou Chapéu Palheta

boater_palheta_chapeu_modelo

Recebeu o nome de Boater (ou barqueiro) por ser usado nos EUA nas competições de canoagem, fez sucesso no Brasil durante as décadas de 30 e 40, principalmente pelos boêmios do Rio de Janeiro, fato que deve ter contribuído para a figura folclórica do malandro com camisa listrada e chapéu palheta na cabeça. É feito de palha, mas tem uma estrutura mais reforçada do que o Panamá, a aba é curta, coroa reta e sua fita muitas vezes aparece em azul e vermelho, cores geralmente ligadas às atividades náuticas.

Variações: um dos mais restritos em relação as opções de material e cor, no máximo você vai encontrar fitas de cores diferentes e só, nisso ele se assemelha ao Panamá.

……..

Cartola ou Top Hat

cartola_top_hat_chapeu_modelo

Seu nome deriva de quartola, o pequeno barril que correspondia a um quarto de tonel, nos EUA é chamado de Top Hat e por muito tempo foi parte integrante do traje de gala (fraque ou casaca), hoje caiu em desuso e é mais fácil de ser vista na cabeça do Slash do que sendo usada por um magnata como era costume no início do século XX. A cartola é, na maioria das vezes, em tecido brilhante preto, com aba curta, coroa reta e copa alta.

…….

Homburg ou Gelot

homburg_chapeu_modelo

Outro que mantém enorme semelhança com o Fedora pode ser identificado por sua aba ligeiramente menor e levemente virada para cima nas pontas, no restante é realmente similar, com o sulco no meio de coroa e a fita em tom semelhante ao do chapéu. O nome Gelot (ou Gelô) vem do fabricante homônimo francês que ficou conhecido por produzir o modelo.

…….

Porky Pie

porky_pie_chapeu_modelo

Com aba curta, coroa sem sulco e copa baixa, o Porky Pie foi muito usado por músicos de Jazz dos anos 30, mas vem voltando a moda aos poucos e hoje é possível encontrar muitos atores e músicos usando o modelo. Aparece em feltro em tons invernais que vão do marrom ao verde musgo, surgindo também em  neutros como a preto e o cinza.

Variações: como também tem sido adotado pelo público jovem tem aparecido em cores cada vez mais vibrantes, mas o material se mantém no feltro e, vez por outra, couro ou lona.

…….

Chapéu Cowboy

cowboy_chapeu_modelo

Ironicamente o chapéu dos cowboys americanos pode ter se originado em um acessório criado pelos mongóis no século XIII, além disso, este modelo especifico só passou a ser usado pelos vaqueiros no século XX, antes disso o Homburg era o modelo mais popular. Este chapéu tem como características marcantes a aba grande, algumas vezes dobrada para cima nas laterais, a copa é alta e a coroa vincada em três pontos, resultado de todas as vezes que seu usuário segurou-o pelo topo para colocá-lo e retirá-lo da cabeça.

Variações: o Cowboy pode ser encontrado em feltro com base em pele, couro ou até palha. As cores mais populares são claras como bege, off white, marfim, camelo e castor, mas, em alguns casos, marrom e até preto são opções.

…….

Safari Hat ou Chapéu Australiano

australiano_safary_chapeu_modelo

Feito em algodão ou lona, é o mais informal e popular em cidades quentes e litorâneas por ser leve, fresco e uma boa proteção contra o sol. Devido a seu material pouco estruturado apresenta copa amarrotada ou ondulada e pode ser usado com uma ou duas abas presas na lateral, além disso, existem exemplares com ilhoses na copa que garantem a ventilação.

Variações: graças a seu material versártil, pode ser encontrado em diversas cores, mas as mais comuns são cáqui, palha, marrom e verde militar.

…….

Agora que você já conhece os tipos de chapéus masculinos mais importantes pense a respeito na hora de compor seu próximo look, apesar de não ser comum no Brasil é inegável seu apelo elegante e cheio de personalidade.

34 COMENTÁRIOS

  1. Muito boa a matéria. Gosto muito de chapéu, mas tenho uma duvida. Algumas lojas têm um chapéu que se chama centenário. O que seria esse chapéu? Obrigado e parabéns pelo site.

    • Levy,
      pelas fotos que eu ví no Google Images, você teria que comprar um Fedora e passar por cima dele com um caminhão umas cem vezes para conseguir um visual parecido. ; )
      Abs.

  2. Muito legal a matéria, mas ficou uma pequena dúvida: O modelo de chapéu utilizado pelos gaúchos brasileiros (coroa alta e aba larga) seria derivado do Fedora?

  3. Prezado Ricardo, vou andando para o trabalho aqui em Sampa e pretendo comprar um chapéu com o objetivo principal de proteção contra o sol. Que tipo de chapéu combina com camisa polo e calça jeans para uso diário?

  4. Tenho duvida sobre o chapéu, o modelo do chapéu do Indiana Jones é o Fedora? Achei o mais próximo dentro dos que você mostrou.
    Outra coisa é a dificuldade de achar lojas para comprar chapéus deste modelo, e que (no meu caso) tenha tamanho GG (cabeção ..rsss)
    Ótimo post, conheci vocês pelo Radiofobia, abraços !!

    • Bem-vindo Gilberto!
      Sim é o Fedora e realmente você terá dificuldades para encontrar tamanhos grandes desse acessório, mas vale buscar nas lojas americanas, algumas delas entregam no Brasil e se você tiver sorte pode pegar uma promoção com preços bem razoáveis.
      Abs.

  5. Olá.

    Adquiri recentemente um chapéu da marca Pralana, apresentado como modelo “Marsin” (se quiser pesquisar na página do fabricante é este aqui ( http://www.pralana.com.br/?page_id=6#vtab7 ) no caso optei pela cor “verde cana” (3850) pesquisei na internet e não encontrei informações sobre este modelo.

    Gostei muito legal a matéria, gosto de chapéus e uso com frequência.

    Agradeço se conseguir informações sobre este modelo.
    Abraço.

  6. Marcos
    Excelente sua matéria; adoro chapéus. Tenho em torno de vinte .
    Gostaria de saber qual o modelo , marca, etc., usado pelo Fiuck.
    Também de saber sobre os usados pelos espanhóis, se for possível.

    • Jose Marcos,
      o Fiuk usa um trilby na maioria das vezes, mas também pode ser visto usando fedora em algumas ocasiões.

      Não encontrei nada de incomum nos modelos usados pelos espanhóis, as fotos de street style também mostram trilby, fedora e panamá que podem ser considerados os mais comuns.

      Abs.

  7. Ótimo artigo, mesmo 3 anos depois hehe. Mas eu acabei encontrando essa página porque tô procurando um terno marrom. O terno da foto do fedora me encantou. Quero um dessa cor preto meu casamento. Tem alguma recomendação de lojas de terno?
    Obrigado.

    • Júlio,
      apesar do marrom estar começando a se destacar como alternativa para trajes sociais masculinos ainda é muito raro encontrar algo nessa cor, o melhor seria procurar um alfaiate na sua cidade e encomendar a peça.
      Abs.

  8. Bom dia, Ricardo.

    Não conhecia seu site, adorei, meus parabéns por seu excelente trabalho.

    Gostaria que me ajudasse com algumas dúvidas já que, apesar de ser um grande fã, não entendo nada sobre chapéus.

    Possuo o seguinte chapéu: Pralana Weekender Portofino – no site da Pralana está em “produtos”, “Outback”, “Linha Outros Materiais. Gostaria que me ajudasse a entender qual o modelo desse chapéu e com que roupas ele combina.

    Próxima dúvida: possuo um chapéu Fedora de palha trançada na cor preta. Com que roupas poderia usá-lo?

    Agora, apesar dessa matéria ser específica sobre chapéus, se puder me ajudar eu tenho a seguinte dúvida sobre boinas: possuo uma para o calor – é feita de um tecido leve e sem aquele forro estofado que mantém o formato da boina – e uma para o tempo frio – essa possui o forro estofado mantendo o formato da boina. Com que roupas elas se adequam melhor?

    Já lhe agradeço antecipadamente e espero que continue mantendo esse excelente site atualizado.

    Muitíssimo obrigado!

Deixe uma resposta