Papo H Podcast #28 – Fast Fashion, Sneakerheads e Combover

16/03/2014 4 Comentários por

vitrine_podcast_papo_h_ep28

As lojas de fast fashion estão invadindo o Brasil, mas você sabe o que significa esta estratégia de venda de roupas e por que elas são tão baratas? Neste episódio Barbara Duarte, Ricardo Terrazo e Luiz Moro explicam como Zara, Forever 21, C&A, Riachuelo e Topman fazem tanto sucesso.

Se você sabe o nome do cara que desenhou seus tênis, quantos pares foram feitos e algumas curiosidades sobre eles, provavelmente você é um sneakerhead! Para tirar a prova é só ouvir nosso segundo bloco e saber como pensa alguém que é apaixonado por sneakers.

Talvez você não conheça o termo “combover”, mas a todo momento somos aterrorizados por este pseudo-penteado bizarro. Caia de cabeça no mundo de quem acha que pode trapacear a calvície, mesmo que seja sacrificando a dignidade!

Como de costume, no final do episódio temos leitura de e-mails e tiramos dúvidas dos ouvintes.

Feed RSS para assinar no iTuneshttp://www.canalmasculino.com.br/feed

Caso queira enviar sua mensagem, clique em contato no menu do topo ou deixe seu comentário logo abaixo.

Clique no player abaixo para ouvir o 28º Papo H Podcast  ou no link “download” para baixar o arquivo MP3.

Leia também:

Multimídia, Podcast

Sobre o autor

Ricardo Terrazo Junior acredita que com bom senso e iniciativa qualquer homem pode se vestir bem. Quando não está escrevendo aqui divide seu tempo entre seu trabalho como designer gráfico e seu outro site, o Bazar Pop.

4 Responses to “Papo H Podcast #28 – Fast Fashion, Sneakerheads e Combover”

  1. Lucas says:

    Olá, sou Lucas, 21 anos, trabalho como orçamentista e planejador físico da construção civil leve e estudante de engenharia civil.
    Sou ouvinte do papo H desde o numero 9, mas claro já ouvi todos os anteriores e posteriores a esse, sempre dou muitas risadas e aprendo bastante não só com o que vocês falam, mas sempre fico curioso sobre as coisas comentadas nos programas e vou à busca de mais informações sobre isso. E vocês estão de parabéns!
    Sobre a escravidão um movimento norte-americano contra a escravidão o “End It”, liderado pelo Louie Giglio, que estima que existem cerca de 27milhões de pessoas no trabalho escravo (homens, mulheres e crianças) atualmente. E levantam recursos financeiros para ajudar a combater essa vergonha da nossa sociedade. (Site : http://enditmovement.com/)
    Sobre a qualidade das peças existem inúmeras normatizações nacionais e internacionais para reger a conduta das empresas. Um curto comentário sobre as ISO’s (normas internacionais) é que são na verdade diretrizes para que as empresas desenvolvam suas próprias normas, no entanto baseadas em um padrão mínimo de elaboração dessas normas que visam a qualidade do produto final. Hoje temos várias normas ISO 9000, que focam na qualidade dos produtos e serviços das empresas, a ISO 14000 que tem um foco na gestão ambiental e a mais atual é a ISO 26000 que busca auxiliar as empresas em suas responsabilidades sociais e na qualidade de trabalho de seus colaboradores. O bom é que o cerco está cada vez mais sendo fechado obrigando as empresas a adotarem esses padrões mínimos
    Espero que o comentário agregue conhecimento suficiente para ler em um outro programa. Abraços a todos vocês em especial a Barbara, a digníssima e unigênita dama do Canal Masculino!

  2. Lucas says:

    Corrigindo no terceiro parágrafo: Sobre a escravidão, [EXISTE], um movimento…

  3. fernando says:

    A risada da Barbara é contagiante! hahahah
    Podcast show!!
    Continuo sem entender essa implicância com a opinião de vocês sobre o carnaval. Quer defender o carnaval, vai fazer um podcast sobre isso!!
    Ótima forma de entretenimento 😀

  4. Fernando Oliveira says:

    Muito bom podcats achei o ponto de vista muito valido quanto ao trabalho escravo realmente trabalho em uma fabrica de extintor onde esta sendo implantado a iso 9000 e no nosso ramo também vemos muito desse problemas

    realmente de qualidade do podcats se mante muito boa

    boa sorte e podem sempre contar com esse ouvinte

Deixe um comentário