Papo H Podcast #107 – Padrões de Beleza, Nostalgia, Protagonistas Chatos

10

Papo H Podcast #107 - Padrões de Beleza, Nostalgia, Protagonistas Chatos

O que mudou nos padrões de beleza com o passar dos anos? O homem é tão preocupado com a beleza física quanto as mulheres? Quem influencia os padrões de beleza da atualidade? Neste Papo H Podcast, Ricardo Terrazo Junior e Barbara Duarte falam sobre a ditadura da beleza e quem contribui para que ele seja levada adiante, além de dar dicas para que você não se prenda a isso.

No segundo bloco analisamos as definições de nostalgia e se há algo nesse sentimento que pode influenciar a sua vida. Entenda como ser um cara nostálgico pode ser bom ou ruim para você.

Nunca se produziu tanto conteúdo para cinema e TV, mas parece que há uma crise nos protagonistas, pois nem todos conseguem nos conquistar com seu carisma ou até mesmo suas motivações. Saiba quais são os heróis das séries e filmes que não convencem o casal do Papo H e onde a dupla acha que as produções estão errando.

O link para ouvir o podcast está no final da postagem.

Nosso novo canal no YouTube

Para se inscrever ou assistir nossos vídeos de moda e estilo no Youtube, clique aqui.

Apoie o Papo H e o Canal Masculino

Visite nossa página no Padrim e apoie o Canal Masculino escolhendo uma das modalidades de apadrinhamento!

Dê sua opinião

Caso queira enviar sua mensagem, clique em contato no menu do topo ou deixe seu comentário logo abaixo.

No Spotify

Ouça o papo h no Spotify, é só procurar o Canal Masculino ou clicar aqui.

Para ouvir a playlist com todas as músicas que encerraram os episódios do podcast clique aqui. ou procure por Papo H – OST nos playlists do Spotfy.

Assine

– Abra o iTunes > Clique em arquivo > Selecione Assinar Podcast > Cole a URL abaixo no campo indicado.

– Feed RSS para assinar no iTuneshttp://www.canalmasculino.com.br/feed

Ouça o Papo H agora!

Clique no player abaixo para ouvir o 107º Papo H Podcast  ou no link  “download” para baixar o arquivo MP3.

10 COMENTÁRIOS

  1. Olá amigos! Tudo bem? Ouvindo sobre o tema padrões de beleza, resolvi expor minha escolha. Fiz algo que é bem raro para homens hoje em dia, principalmente para homens heterossexuais. Eu fiz micropigmentação de sombrancelha. Sou um homem bem tranquilo, confiante e seguro de minhas escolhas, aprendi muito com os senhores a me vestir, grooming, estilo, caimento, comportamento, cultura e etc. Recebo constantes elogios por ser muito charmoso, elegante, agradável e etc. Mas confesso, que há tempos minha estima não havia sofrido uma pancada assim. Mas sei que foi fruto de minha escolha. Me cuido sempre buscando não ultrapassar as barreiras do desnecessário. Pensei por uns seis meses antes de fazer isso, mas achava que minha sombrancelha realmente tinha pouco cabelo e realmente tinha. Mas por frequentar ambientes bem machistas, como futebol com amigos e etc. Foi foda, mas me conheço e sei que vou superar isso. O que vocês acham? Nesse caso? Ultrapassei o limite do aceitável para um homem? Grande abraço!

    • Cara, só se joga e faz o que quiser pra se experimentar. Conhece-te a ti mesmo e filtra as tuas amizades naturalmente, descobrindo o que são pelo modo como se é tratado. Não tem nada pra superar, porque tu não perdeu nada, ao contrario, vai ficando calejado que isso não é problema, mas te faz entender melhor a importância de que se sentir bem começa dentro da gente. Como uma fruta, você vai ficar mais doce e maduro e essa transformação acontece primeiro na alma.

      Lembre-se, quem quer que leia, que o ódio que você gera é o ódio que volta pra você, portanto se você se sentir intoxicado pelo machismo ao redor, e cansado de piadas toxicas, precisa criar vínculos que permitam se reeducar à partir de uma nova forma de dialogo e que apele ao menos para o bom censo nas questões que antes eram tratadas sem censura para esterótipos e preconceitos.

      Sucesso total!

  2. Olá Ricardo e Barbara, bem, pelos comentários já vi que não é só eu que está tendo problema com o feed de vocês, só esta semana chegou os dois últimos episódios no pocket cast. Bem, vim comentar sobre a serie Atypical, foi falado que era sobre um psicopata, não sei se confundiram ou não entenderam a serie, mas ela mostra a vida de um adolescente com autismo e mostra muito bem as dificuldades que pessoas com essa condição tem, não tem nada a ver com psicopata. Bem, é só isso, adoro o programa de vocês e espero que o feed volte ao normal. Abraços.

    • Victor,
      realmente nós confundimos duas séries que estrearam muito próximas, na verdade estávamos falando de “The End of the Fucking World”.

      Aos pouco o feed está voltando ao normal, acho que agora não teremos mais problemas de atualização, mas preciso aumentar o número de programas exibidos.

      Abs.

Deixe uma resposta