Esclarecendo 10 Mitos da Moda Masculina

29/08/2012 11 Comentários por

Sempre que alguém tenta convencer um amigo maltrapilho a se vestir melhor, tem que ouvir a mesma lista de reclamações e equívocos relativos a moda masculina que não são, ou nunca foram, motivo para se ignorar as regras do bem vestir. Portanto, se você ainda tem qualquer dúvida sobre o motivo pelo qual deve investir em sua imagem e, consequentemente, em seu guarda roupa, leia com atenção os tópicos abaixo:

1 – Vestir-se bem custa caro

Não mesmo, com lojas como a Zara, Riachuelo e Luigi Bertolli (só para citar algumas) investindo cada vez mais em roupas com tendências de alta moda, não é mais necessário gastar uma grande quantia em dinheiro para estar com uma boa aparência.

Nem sempre é necessário gastar muito para vestir-se bem!

2 – Conseguir boas roupas toma muito tempo…

A princípio você terá que dedicar um bom tempo até encontrar a loja que mais tem a ver com seu estilo, depois disso, ficará fácil, é só consultar suas grifes preferidas para encontrar o que procura, com o preço, qualidade e caimento que já conhece, mesmo assim, vez por outra, é uma boa idéia conhecer novas marcas e lojas para fugir do lugar comum.

Quando você encontra a marca/loja certa, fica mais fácil.

3 – Vestir-se bem é um dom…

Você vai montar um look, não pintar uma obra de arte. Basta prestar atenção em dicas de sites como o Canal Masculino e usar de bom senso na hora de se vestir para tornar-se um homem mais elegante.

Qualquer um pode vestir-se bem!

4 – A moda é feita para os magros…

Apesar de muitas lojas trabalharem com uma grade restrita apenas a P, M e G, existem outras que tem uma numeração muito mais abrangente. Se você é da turma que pensa que os itens de moda são apenas para os magros, engana-se,  respeitando algumas limitações é possível vestir a maioria das roupas usadas pelos modelos mais sarados.

Nem mesmo o estilista Michael Bastian tem o corpinho de um toureiro espanhol!

5 – A moda é passageira…

Se você acredita nisso está atrasado, pelos menos, uns 20 anos. Atualmente mudam as tendências, mas as peças não caem de moda de uma hora para a outra. Tome como exemplo a camisa xadrez que está em voga há 4 ou 5 anos e deve continuar desta maneira por muito tempo, assim como a modelagem de roupas mais ajustada ao corpo que vem agradando desde o início dos anos 2.000.

Camisas em xadrez madras

Prepare-se para ver o xadrez dominar as vitrines por mais uns 4 anos, no mínimo.

6 – Tem que ser de grife

O que importa em uma roupa é beleza, qualidade e caimento, não faz diferença se há uma etiqueta com uma marca badalada costurada em seu interior. Homens inteligentes, de bom gosto e com personalidade não necessitam da “muleta” da grife como auto afirmação ou um modo de chamar atenção.

Quando a roupa é ruim, nem a grife salva

7 – Aprender sobre moda é chato…

Ao contrário, depois que você começa a entender a história por trás da roupa que está usando, os processos para desenvolvê-la e as técnicas para combiná-la adequadamente, fica cada vez mais interessante conhecer o universo da moda, além de ter algo mais para conversar com as meninas que não sejam os memes da semana no Facebook e seus quadros preferidos no programa Pânico.

8 – Homem não liga para roupa

Todos os códigos, costumes e protocolos de vestimentas foram inventados por homens, é mais do que óbvio que o público masculino gosta de se vestir bem, mas com o tempo o machismo e a ignorância nos fez acreditar no contrário, não caia nessa!

Eu admito, existem pessoas como o Mark Zuckerberg que não ligam para moda, mas, mesmo com toda sua fortuna, ele parece um maníaco depressivo vestido desta maneira.

9 – Roupas elegantes são desconfortáveis…

Essa é uma grande desculpa de quem é chegado em calça de moletom e crocs, mas eu garanto que um bom sapato ou uma calça de bom caimento e tecido de qualidade são tão confortáveis quanto qualquer pijama, tudo é uma questão de costume.

Você duvidaria que este sapato é confortável?

10 – Só dá para vestir-se bem no inverno

Claro que no inverno a maior quantidade de roupas que podemos usar nos possibilita um grande número de combinações, já no verão, o número de opções fica reduzido, mesmo assim, com as peças certas qualquer um pode ficar elegante, pois, neste caso, não importa quantas roupas você está usando, o que importa é seu bom gosto e criatividade.

No verão dá para usar roupas leves sem abrir mão da elegância.

Leia também:

Destaques, Estilo, Moda Masculina

Sobre o autor

Ricardo Terrazo Junior acredita que com bom senso e iniciativa qualquer homem pode se vestir bem. Quando não está escrevendo aqui divide seu tempo entre seu trabalho como designer gráfico e seu outro site, o Bazar Pop.

11 Responses to “Esclarecendo 10 Mitos da Moda Masculina”

  1. Pedrinho says:

    Concordo em gênero, número e grau. Vestir-se bem não é tão difícil quanto reza a lenda.

  2. Carlos says:

    Só continuo concordando com a questão do inverno. Para quem trabalha em ambientes externos e precisa usar um terno neste calor que tem feito ultimamente, é um desespero. Tudo o que mais dá vontade é de ir correndo para casa colocar uma bermuda e havaianas.

  3. Claudio Fernando says:

    O dificil são as tendencias

  4. Allison says:

    acho que faltou um mito “só quem liga/entende de moda é gay” acho essa a pior.

  5. Pedro Abip says:

    Ricardo,eu tenho uma grande dúvida quanto aos sapatos,eu gosto daquele que brilham,parece que tem uma plastico em cima , porém nunca os encontro,tens algum site que possa me indicar? Grato desde já, Pedro

    • Ricardo says:

      Pedro,
      são sapatos de verniz, procure na Dafiti ou na Netshoes. No shopping também é fácil encontrar, a maioria das lojas e marcas especializadas em calçados Masculinos como a CNS e a Democrata tem algum modelo deste tipo. Mas lembre-se que este tipo de calçado é para uso com roupas formais!
      Abs.

  6. Thiago says:

    É preciso ter muitas peças de roupa para estar bem vestido todos os dias? Supondo que você perdeu todas as suas roupas e vai começar um guarda-roupas do zero? Quantas camisetas, camisas, calças, shorts… enfim, quantas peças e que tipo de peças você indicaria para ter um visual que não seja “uniformizado”, mas também não te ocupe muito espaço?

Deixe um comentário