Como Usar o Colar Masculino Com Estilo

Colares masculinos são um acessório com a capacidade de mudar o "mood" do seu visual. Aprenda a usá-los a seu favor!

0

Como Usar o Colar Masculino Com Estilo

A chegada da temporada de calor é o momento ideal para se falar de como usar o colar masculino, não que o inverno não possibilite o uso desse tipo de adorno, mas a simplicidade dos trajes para dias quentes abre espaço para que outros elementos venham complementar o look do homem que tem estilo, tornando esta pauta mais relevante!

Tipos de colares

Existem vários de tipos de colares masculinos, a maioria deles funciona melhor em combinações de roupa casual, e provavelmente alguns deles devem se encaixar dentro de seu estilo. Vamos ver antes alguns deles classificados de uma maneira geral, ou seja: pingentes, material, contas, temas, estilos.

1 – Colar masculino de contas

Como Usar o Colar Masculino Com Estilo - Contas

As contas da foto são conhecidas como “olho de tigre”, mas existem as de madeira, de pedra vulcânica e até de resina. Elas estão em alta tanto nesse tipo de acessório quanto nas pulseiras masculinas.

2 – Colar masculino dog tag

Colar de metal com Dog Tag

Embora o nome faça referência às placas pendentes nas coleiras de cachorro, este tipo de corrente é inspirada nas identificações usadas pelos soldados. Sempre vem presa a uma corrente que pode ser de elos ou daquelas com pequenas esferas.

3 – Colar masculino de couro ou cordão com pingente

Colar de Couro

Podem ser feitos com uma tira de couro maleável, um cordão mais rígido, ou trançado, geralmente trazem um pingente de metal e tem uma cara bem casual.

4 – Colar masculino composto

Como Usar o Colar Masculino Com Estilo - Composto

Em alguns colares a graça está na quantidade de pingentes e em sua variedade, alguns misturam temas, outros mantém um tema mas investem em shapes diferentes nas peças. No Brasil esse tipo de colar faz bastante sucesso.

5 – Colar masculino tipo rosário

Existem aqueles que são extremamente similares a rosários reais e outros que são totalmente estilizados, usando pedras vulcânicas, adicionando caveiras e usando crucifixos mais rebuscados e góticos. As cores e os materiais também variam bastante, então escolha de acordo com seu gosto e estilo.

6 – Colar masculino com Crucifixos

Aqui o que manda é o pingente, mas na maioria das vezes ele virá acompanhado por uma corrente do mesmo metal da cruz. Existem peças mais trabalhadas e adornadas, assim como outras totalmente minimalistas.

7 – Colar masculino com tema espiritual/religioso

Fazem sucesso também os pingentes que fazem referência ou reproduzem símbolos religiosos de outras culturas, geralmente acompanhados de uma corrente de prata, couro ou de contas coloridas. Muitos deles estão ligados a algum tipo de proteção ou são usados para atrair sorte. O Hamsa, Budas, Anks e o Olho Grego entram nessa conta.

8 – Colar masculino rocker/caveirismo

Cruzes góticas, palhetas de guitarra e muitas, muitas caveiras de todos os tipos imagináveis são clássicos do estilo roqueiro, combinando bem com jaquetas de couro, jeans e camisetas de bandas de heavy metal.

10 – Colar masculino misto

Mistura materiais para alcançar um visual diferente e original. Não raro, encontramos contas naturais, pedrarias, couro, metal e madeira em uma mesma peça.

Onde comprar colares masculinos?

O Etsy (fotos acima) é um bom e-commerce para comprar esse tipo de acessório, além da Dafiti. Lojas como a Zara, Renner e Riachuelo também costumam ter algumas peças interessantes.

…….

10 dicas de como usar o colar masculino com estilo

1 – Cuidado com a poluição visual!

O colar masculino (na verdade qualquer tipo de colar) sempre vai interagir com o que estiver por baixo, por isso é sempre sábio escolher uma camisa ou camiseta sem muita informação, ou seja, com uma estampa discreta, caso contrário é possível que tudo se misture de uma maneira que ninguém vai saber o que é o quê? Se estiver inseguro, invista em um modelo básico.

…….

2 – Golas de camisetas mais indicadas

A gola careca é a melhor, pois não é cavada e deixa o colar em destaque; a gola V pede que o acessório seja mais curto ou mais longo que ela, senão o resultado fica estranho, parece que o pingente está preso na gola; o resultado com a gola canoa é similar a careca e as mesmas dicas da gola V valem para a gola oversized; já a gola rolê deve ficar longe dos colares correntes e afins, muito dificilmente o resultado ficará decente.

…….

3 -Usando camisa abotoada

Na camisa, o negócio é usar um colar que seja mais curto que a quantidade de botões abertos. Tem gente que se arrisca a usar com o colarinho fechado, com a peça por fora dele, eu acho estranho e deselegante.

…….

4 – Pareando com outros itens de metal

Como você provavelmente vai usar com roupa bem casual, os itens de metal não precisam ser todos do mesmo material, mas também não vale exagerar, se cada item for de um metal diferente seu look vai ficar um carnaval. Na dúvida, é mais fácil então combinar para evitar erros.

…….

5 – Fique longe das coleiras de cachorro

Correntes que parecem ter servido para içar a âncora do Titanic não são bons adereços para se usar no pescoço, a não ser que 50% do seu DNA seja de pitbull. Fique longe do correntões!

…….

6 – Dourado ou prateado

Como eu já disse anteriormente, você até pode misturar, se tiver as “manhas”, mas se depender da minha opinião pessoal, a resposta sempre será prateado, seja ele vindo do aço, platina ou realmente da prata. O dourado caminha pela fina linha que separa o luxuoso do cafona e isso acende um alarme no meu cérebro!

…….

7 – Na hora de comprar verifique o material

O aço cirúrgico, por exemplo, não causa alergia, o couro de verdade não se desfaz com facilidade, contas de material natural (madeira, pedras, sementes) podem ter um visual mais bacana.

…….

8 – Alinhe a peça com o estilo de roupa

Um colar masculino riponga não vai combinar com uma camisa de alfaiataria – só para citar um exemplo – então é melhor pensar no tipo de roupa que você vai usar ou, de uma maneira geral, no seu estilo.

…….

9 – Pense no local e na ocasião

Dress codes de ambiente de trabalho nem sempre permitem colares e outros acessórios, a menos que sejam itens bem discretos, portanto é bom levar isso em consideração antes de levar uma chamada do chefe por estar exagerando nos penduricalhos. Eventos formais pedem acessórios compatíveis, nesse caso é melhor colocar suas fichas em um bom relógio, um prendedor de gravata.

…….

10 – Não seja uma árvore de Natal

Constantemente reavalie suas escolha, sobretudo no que diz respeito ao número de peças escolhidas. Dá para compor um look bacana escolhendo dois ou três colares diferentes, mas que criem um combo descolado. Por outro lado, se você resolve acrescentar mais um colar ou já está com uma porção de pulseiras e outros acessórios que inserem muita informação visual, é melhor dar uma olhada no espelho e excluir alguma coisa, dessa maneira estará sempre dentro da regra de ouro do “menos é mais”.

…….

Galeria de inspirações

Looks masculinos usando colares e modelos variados para te inspirar a incluir o acessório em suas próximas produções:

…….

Opinião do autor:

O brasileiro precisa prestar mais atenção nos acessórios e deixar de lado o preconceito que tem com a maioria deles. Os colares são um bom exemplo, afinal muitos não usam sem nem ao menos explicar o motivo e ainda criticam quem usa. A verdade é que eles são um bom aditivo para combos básicos (ou não) e mostram que você se preocupa com seu visual nos mínimos detalhes.

…….

Mais sobre acessórios masculinos:

Bandana: Dicas de Como Usá-la em Looks Masculinos

Pulseiras Masculinas Para o Verão – Tipos e Sugestões de Uso

Pulseiras, Braceletes e Anéis Masculinos Feitos Com Cabos Náuticos

Como Usar Pulseiras e Braceletes Masculinos

Como Escolher e Usar Anéis – Um Guia Para Homens

Deixe uma resposta