7 Erros de Estilo Masculino Para Evitar no Inverno

2
Sem erros aqui, parceiro!

O inverno é a época de tirar uma porção de peças masculinas bacanas do armário, mas também é a hora em que uma “escorregadela estilística” pode comprometer seu visual. Antes de sair por aí vestindo tudo que encontra pela frente e que pode te aquecer, dê uma olhada em nossa lista com os 7 erros de estilo masculino para evitar no inverno.

1 – Exagerar no volume

Essa cara está vestindo uma barraca de camping?

Nessa época do ano é comum ver pessoas com o troco parrudo e perninhas finas, ou até  um cara magrinho que parece estar sendo engolido pela roupa. Eu sei que as jaquetas mais encorpadas, como a puffer, estão em alta, contudo é preciso equilibrar o volume corporal, evitando a desproporção. Mesmo que você queira ganhar um pouco de massa, usando as roupas para esse fim, um resultado exagerado vai soar ao mesmo tempo deselegante e artificial.

…….

2 – Focar apenas nas tendências da estação

Jaquetas shearling são bacanas, mas será que outro modelo não te atenderia melhor?

Tem muita coisa bacana para se usar nessa estação que já se mostra tendência desde o ano passado, mas outras peças que não estão sob os holofotes também continuam fazendo bonito como cardigãs, malhas e casacos longos, por exemplo, o ideal é misturar o que você acha bacana sem se importar com a patrulha da moda, afinal, se tem bom caimento e estilo, com certeza vai funcionar! ; )

…….

3 – Esquecer as cores fortes

Um toque de cor sempre é bem-vindo

É quase um ritual: entra o inverno e todo mundo aproveita para usar roupas mais escuras, já que o clima frio permite, coisa que eu apóio totalmente, embora ache bacana inserir uma peça com uma cor mais forte aqui e ali para dar tempero ao look, não precisa ser um item fundamental, pode ser um acessório ou calçado, isso já serve para evitar o look “neutrão”.

…….

4 – Usar camadas demais

Isso me lembra um episódio de “Friends”.

Outro erro comum acarretado pelas necessidades do inverno: exagero na sobreposição de peças. Enquanto alguns caras simplesmente usam sua jaqueta mais quente ou o moletom mais grosso, outros preferem (e eu incentivo) combinar algumas camadas de tecido sobrepondo jaquetas, camisas e camisetas. Em alguns momentos o resultado é ótimo, em outros o descuido pode arruinar o look. Quando for criar sua combinação atente-se para a quantidade de peças (3 está ótimo) e a junção das estampas e texturas existentes nelas, nem sempre elas criam o efeito desejado.

…….

5 – Não variar o calçado

Esse é o tênis que vão te obrigar a usar se você for para o inferno.

O inverno chegou e você está usando o mesmo tênis do verão? Por que não experimentar toda a variedade de botas que o inverno torna utilizáveis graças ao tempo frio? Eu adoro minhas botas, mas tem algumas que só no outono/inverno eu consigo usar com todo o conforto, então não perco a oportunidade, calço-as sempre que possível e ainda acrescento mais estilo ao conjunto!

…….

6 – Abolir acessórios

No inverno dá para usar muitos acessórios sem parecer “overdressed”.

Na verdade o inverno é a melhor época para usar acessórios, os chapéus protegem a cabeça, as luvas aquecem as mãos e os cachecóis fazem o mesmo com o pescoço, os blazers dão espaço para os lenços de bolso e um belo relógio de pulso só vai deixar seu combo mais bonito e estiloso. Ainda assim, há quem, talvez por se sentir desconfortável em pesadas roupas de frio (palpite meu), acaba excluindo todos esses elementos.

…….

7 – Trocar o tricô por moletom

Ambos casuais, mas no quesito estilo… quanta diferença!

Parece um ótimo negócio se proteger do frio usando aquele moletom surrado, companheiro de longa data, ou mesmo a peça nova e quente, que preza pela praticidade. Não vou mentir eu tenho algumas malhas que são quase parte do meu corpo, mas quando eu quero alguma coisa que realmente impressione e seja diferente – porque, vamos convir, o moletom é quase o uniforme do brasileiro médio – eu apelo para um bom tricô, seja ele sozinho, pois a peça segura bem a bronca, ou acompanhando uma jaqueta ou casaco, naqueles dias que São Paulo resolve bancar a Sibéria.

2 COMENTÁRIOS

    • Rafael,
      os calçados masculinos tem muita coisa bacana a oferecer além dos tênis e sapatênis tão comuns no nosso dia-a-dia, vale a pena prestar mais atenção e pensar com carinho a respeito de sapatos e botas que ainda não fazem parte do seu repertório. ; )

      Abs.

Deixe uma resposta