7 Coisas da Moda Masculina Que Você Não é Obrigado a Usar

Tendências e novidades da moda masculina não são obrigatórias, você usa apenas aquilo que faz sentir bem e elegante, mas, ainda assim, tenha a mente aberta.

2

Quando postamos aqui no Canal Masculino (e em qualquer outra de nossas redes sociais) alguma coisa sobre uma tendência que ainda não foi bem recebida pelos homens ou uma maneira diferente de usar uma peça tradicional, sempre surge a pergunta: “Mas eu tenho que usar isso?”

Amigo, você não é obrigado a nada! O Canal Masculino não é um livro de regras e obrigações, estamos mais para um guia que te mostra as alternativas para o look diário, tentando ajudar a entender o que te deixa mais elegante, confortável e feliz consigo mesmo. Até gongamos algumas coisas de vez em quando, porque da mesma forma que tentamos ser liberais, também temos que impor alguns limites, não dá para gostar de tudo o tempo todo, isso vale para quem escreve aqui e para você também, como pode ser visto mais adiante.

12 Coisas da Moda Masculina Que Você Não é Obrigado a Usar

Neste artigo vamos dar alguns exemplos de coisas que estão presentes na moda masculina atual e que você não precisa usar se não quiser, então não precisa se sentir fora de sintonia só porque prefere passar batido por qualquer um (ou vários) dos itens a seguir:

1 – Calças mais curtas

Você pode comprar uma calça cropped (mais curta) ou simplesmente mandar fazer a barra acima do comprimento tradicional. É moderno, é descolado e é restrito a quem quer parecer moderno e descolado. Eu acho bacana, desde que não se cometam exageros, mas entendo completamente quem não gosta, e não acho nenhum pecado pular essa, mesmo que ela esteja mostrando longevidade como “tendência”, pois é bom lembrar a você que olha da barra mais curta como se fosse novidade que ela está por aí por pelo aproximadamente uma década.

Dica: ok, você não gosta das calças mais curtas, mas não é por isso que vai suar as barras emboladas, encurtando as pernas. Faça sempre as barras na altura correta para não sobrar tecido no final.

…….

2 – Sapatos sem meia

Os italianos adoram essa, seguidos de perto pelos nova iorquinos, franceses e ingleses, mas não se engane, o uso do sapato sem meia social encontra um resistência forte entre grande parte dos homens, sobretudo em terras tupiniquins. De novo podemos dizer que ninguém vai ser açoitado se continuar usando suas meias, ou seja, se essa não é para você, simplesmente ignore!

Dica: se vai usar meias sempre, deixe as brancas para praticar esporte, as cinza mescla para looks bem casuais e nos combos mais arrumadinhos tenha cuidado de combiná-las com a calça para alongar as pernas.

…….

3 – Meias coloridas

Os mais tradicionais também não simpatizam com o uso de meias coloridas, principalmente com itens mais sérios, como peças de alfaiataria, por exemplo. Em 2013 eu escrevi este texto falando do que havia por trás de simples e novos costumes como esse. Este é um recurso de estilo que depende da sua personalidade, seu local de trabalho e até de sua criatividade, se você acha que as meias coloridas não se encaixam em um ou mais desses elementos, simplesmente continue usando meias neutras meticulosamente combinadas com suas calças e calçados, pois estará sempre elegante.

Dica: se a ideia não é chocar com uma meia super colorida, escolha meias que combinem com a calça, preferivelmente em um tom igual ou mais escuro.

…….

4 – Shorts no lugar das bermudas

As bermudas são um ponto praticamente imutável no universo de moda masculina, os homens usam, gostam e se sentem a vontade nelas. Então, por que mudar? Simples, porque precisamos de alternativas, usa quem quer! Para ambiente urbano as bermudas pouco acima do joelho são ótimas, mas na praia elas se saem bem também, desde que sejam em material leve e de secagem rápida, já os shorts não tem lugar na cidade, sobretudo os muito curtos, mas são uma boa opção para a praia em um dia de calor escaldante.

Dica: prefere as bermudas, mesmo na praia? Não tem problema, mas escolha as que são feitas para esse ambiente com tecido leve e de secagem rápida. Uma sunga por baixo no lugar da cueca de algodão garante uma secagem ainda mais rápida.

…….

5 – Listras horizontais

Mesmo que eu tenha escrito um artigo inteiro (na verdade dois) ensinando a dar uma disfarçada no efeito “engordativo” das linhas horizontais, ainda te muita gente que acha melhor não arriscar e não há nada de errado nisso, ninguém é obrigado a gostar e existem muitas alternativas quando se trata de padrões em roupas masculinas.

Dica: usar estampas e padrões pode deixar o seu look mais interessante, portanto não deixe de experimentar outros tipos até achar um que tenha seu estilo.

…….

6 – Cores fortes

Os neutros são um porto seguro, mas as cores fortes e vibrantes podem te garantir um visual mais marcante. Já incentivei muito nossos leitores a se aventurarem no mundo das combinações de cores complexas, mas não há nada de errado em investir em uma paleta de cores que não requer malabarismos para funcionar, é uma questão de praticidade, estilo e até de paciência, certo?

Dica: micro estampas, xadrez, poás e listras são a receita para não deixar que um look com cores neutras fique sério demais, use sempre que possível!

…….

7 – Estampas florais

Elas tomaram de assalto a moda masculina há alguns anos, e não só as florais, mas os temas botânicos e tropicais também. Há 10 anos eu nunca diria que encontraria tantas peças desse tipo nas araras das lojas! Bom para os homens que estão ficando mais abertos a novidades. Por outro lado existem os caras que não conseguem se ver usando esse tipo de estampa e eu concordo que nem todo mundo combina com ela, o jeito é procurar algo que seja a sua cara.

Dica: como já disse, usar estampas e padrões tira o seu look da mesmice, mas é preciso testar muito (experimentando, claro) e ter mente aberta para chegar a um visual com personalidade.

…….

Nota do autor:

Como eu deixei bem claro por todo o texto, você não é obrigado a nada, mas não é por isso que vai virar aquele cara turrão, que não aceita novidades e fica reclamando de tudo que surge na moda masculina. Saiba lidar com o que chega e identificar o que pode agregar estilo ao seu look, sem nunca descuidar da elegância.

2 COMENTÁRIOS

  1. Bela postagem!
    Entender que nem tudo nos deixa confortável, é um dos melhores passos.
    Conhecer o próprio corpo e suas “limitações” é essencial.
    Exemplo é o sapato sem meia, não é somente estético como os demais itens citados, tem o agravante desconforto, com consequências de leves ferimentos.

Deixe uma resposta